Andy Murray no US Open

USTA

TÊNIS NEWS
03/09/2016
20:17
Nova York (EUA)

Com uma atuação abaixo da média e enfrentando um adversário lutador do outro lado, Andy Murray, número dois do mundo, teve que suar a camisa por 3h16min para bater o italiano Paolo Lorenzi, 40º colocado, para ir às oitavas do US Open. 

O natural de Dunblane, medalha de Ouro nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro e vencedor em Wimbledon bateu o adversário de 34 anos por 3 sets a 1 com parciais de 7/6 (7/4) 5/7 6/2 6/3 na quadra Arthur Ashe, a principal para quase 24 mil pessoas.

Murray esteve abaixo com quebra no primeiro set e muito errático, pediu para sua equipe encordoar novamente suas raquetes. Os erros foram ficando maiores e Lorenzi abriu 5/2 na segunda parcial, permitiu o empate, mas quebrou novamente para fechar em 7/5.

Uma quebra logo no início da terceira parcial deu tranquilidade para o vice-líder da ATP jogar mais solto e fechar a parcial mais fácil. No terceiro ele rompeu cedo, mas teve que suar mais em seu serviço para liquidar por 6/3 com winner de devolução.

Foram 63 erros não-forçados do escocês contra 60 winners. O italiano acertou 19 vencedoras e errou 42.

Nas oitavas de final, Murray terá um duro compromisso diante do búlgaro Grigor Dimitrov, 24º, que derrotou o português João Sousa em quatro sets.

São seis vitórias de Andy em nove jogos, mas Dimitrov ganhou a última em Miami, nos EUA, este ano.