Andy Murray em Paris

Andy Murray em Paris (Crédito: FFT)

TÊNIS NEWS
24/11/2015
14:27
Ghent (Bélgica)

Número dois do mundo, Andy Murray já treina na Flanders Expo, em Ghent, na Bélgica, para a disputa da final da Copa Davis no final de semana. O tenista clamou pela vinda do público britânico apesar do medo de atentados que o país belga vive.

"Aqui em Ghent parece tudo bem, é muito tranquilo, é uma cidade muito legal. Espero que o máximo de torcedores possíveis viajem para nos dar suporte. Não sou eu que dou conselhos sobre segurança, mas a situação em Bruxelas é diferente daqui. Sei que muitos iriam ficar lá e viriam pra cá, se ouvirem as pessoas corretas, você pode fazer isso."

Murray rebateu as críticas recebidas por David e John Lloyd , ex-capitão da Copa Davis, de que o tenista não estaria fazendo muito pelo tênis de seu país: "É uma pena. Mas não é a primeira vez que isso ocorre. Parece aquela música de fundo que você sabe que está lá, mas não ouve."
"Meu trabalho é vencer o confronto, fazer meu maior esforço e ter o resultado que queremos. Talvez não sejamos campeões, mas não vai faltar busca e é isso".

O capitão Leon Smith ainda não definiu o segundo de simples e Murray curtiu seu primeiro treino na quadra de saibro coberta: "Tivemos só ontem e um bom dia de treinos, o mais importante é que estamos aqui e treinando. A quadra parece muito boa nesses primeiros dias, vamos ver se segura bem após oito, dez horas de treinos. Espero que fique boa".

"Tem ficado frio aqui, será interessante em ver as condições, se ela muda, quando finalmente fecharem as portas".