Andy Murray

Andy Murray (Foto: Divulgação)

TÊNIS NEWS
19/06/2016
14:40
LONDRES (ING)

O escocês Andy Murray, 2º do ranking fez história neste domingo, no tradicional Queen’s Club, casa do homônimo ATP 500 londrino. Ele virou sobre o canadense Milos Raonic, 9º, por 6/7(5), 6/4 e 6/3, em mais de duas horas, e conquistou seu quinto título na grama local, um recorde absoluto.

Com a marca, o tenista de Dunblane supera Boris Becker, Lleyton Hewitt, Andy Roddick, Roy Emerson e John McEnroe, tetracampeões do evento que ocorre desde 1890 e contabiliza 126 edições. Essa também foi a 36ª vez que o principal favorito no Queen’s Club chega ao lugar mais alto do pódio num torneio ATP.

O jogo não começou bem para Murray. Num primeiro set sem chances de quebra, ele perdeu o tiebreak por 7/5. Se não bastasse a frustração por estar abaixo, o então tetracampeão perdeu o saque no segundo game da segunda etapa, vendo Raonic abrir um set e uma quebra de diferença.

Mas Andy Murray é um guerreiro e não desistiria. O atual campeão olímpico impôs a Milos a primeira quebra de saque do torneio, no 56º game de serviço do gigante. Mais: ele voltou a quebrar o rival no 3/3. Logo, o principal jogador britânico da história, junto a Fred Perry, fazia 6/4 e levava o combate para um terceiro set.

E este não podia largar melhor para o segundo melhor do mundo: num rali digno de dois top 10, Andy fez Milos correr de um lado para o outro e terminou com um lindo drop shot, tomando o serviço do canadense pela terceira vez na partida.

Daí pra frente, Murray não deu mais chances. Firme no saque, segurou a vantagem, sacando de forma convincente no nono game, ele marcou história no lendário Queen’s Club, depois de duras 2h13min. Agora, o escocês vai com tudo para Wimbledon, a partir do dia 27, onde é o segundo favorito ao caneco, atrás somente de Novak Djokovic.