Novak Djokovic e Andy Murray

Novak Djokovic e Andy Murray

TÊNIS NEWS
06/11/2016
16:55
PARIS (FRA)

Campeão do Masters 1000 de Paris neste domingo, o britânico Andy Murray assumirá, amanhã, a ponta do ranking mundial da ATP com 405 pontos de vantagem (11185 contra 10780) para o segundo colocado, Novak Djokovic, da Sérvia.

Com todos os pontos do ano passado já descontados, eles continuarão a disputa pelo número um no ATP Finals, em Londres, a partir do próximo domingo, 13/11, em uma briga franca, apenas com pontos a ganhar.

Britânico e sérvio ficam em grupos diferentes na competição que divide os oito melhores da temporada em duas chaves de quatro jogadores. Por isso, eles não se enfrentam, no mínimo, até a semifinal.

Para recuperar a posição que perderá nesta segunda-feira, Djokovic conta com algumas combinações possíveis. Confira-as:

- caso seja campeão invicto – neste caso, a volta ao número um virá independentemente do resultado de Murray;

- caso seja campeão com duas vitórias na fase de grupos e Murray vice-campeão com dois triunfos na primeira fase;

- caso seja campeão com uma vitória na fase de grupos e Murray seja vice-campeão com apenas um triunfo na primeira fase;

- caso seja finalista com três vitórias na fase de grupos e Murray seja finalista com no máximo dois triunfos na primeira fase;

- caso seja finalista com duas vitórias na fase de grupos e Murray pare na semifinal com apenas um triunfo na primeira fase;

- caso seja semifinalista com três vitórias e Murray seja eliminado da primeira fase com três derrotas.