Garbiñe Muguruza

Garbiñe Muguruza (Foto: Divulgação)

TÊNIS NEWS
25/02/2016
17:39
DOHA (CAT)

Depois de Kerber, Kvitova, Halep e Bencic, entre outras, hoje foi a vez de Garbine Muguruza ser mais uma favorita a dar adeus ao WTA de Doha, no Catar. A número 5 do Mundo perdeu para a alemã Andrea Petkovic, 27ª, pelas quartas de finais do torneio Premier.

O placar do jogo foi 6/1, 5/7 e 6/2, em jogo de 2h21min de duração. Esta foi a 3ª vitória de Petkovic em três jogos disputados pelas duas tenistas. O último havia sido em Sofia, na Bulgária, em 2014.

O primeiro set foi rápido. Petkovic sacou muito bem, não cedeu chances à jovem top 10, de 22 anos, e quebrou duas vezes o saque de Garbiñe, fazendo 6/1.

Na segunda etapa, Muguruza elevou seu aproveitamento no saque, equiparando-o ao conseguido pela alemã, que seguiu constante. Cada uma quebrou o saque da oponente por uma vez até o 5/5. Nesse ponto do set, a tenista nascida em Caracas, Venezuela, mas naturalizada espanhola, manteve seu serviço.

Em seguida, no 12º game, com a bósnia naturalizada alemã sacando em 5/6, Muguruza pôs pressão e conseguiu o que seria sua única quebra em todo o jogo, fazendo 7/5 e levando a decisão para um set decisivo.

Na terceira parcial, então, Petkovic teve uma brusca queda no aproveitamento de saque, um de seus grandes trunfos, jogando apenas 38% dos pontos com o primeiro serviço. Entretanto, ela conseguiu um alto aproveitamento mesmo nos pontos jogados com o segundo saque e não cedeu uma chance de quebra sequer. A número 5 do mundo, por sua vez, lutou oito vezes para não ter o serviço vazado, conseguindo salvar seis oportunidades.

Assim, a 27ª no ranking da WTA quebrou a top 10 mais duas vezes, fechando o set por 6/2 e o jogo por 2x1, classificando-se para enfrentar a tenista da Letônia Jelena Ostapenko, 88ª, algoz de Petra Kvitova, que bateu a chinesa Saisai Zheng, por 6/4 e 6/3. O jogo vale vaga na final do WTA Premier, categoria de torneios feminina que equivale aos Masters 1000 masculinos.