Garbiñe Muguruza (Foto: AFP / ROSLAN RAHMAN)

Garbiñe Muguruza (Foto: AFP / ROSLAN RAHMAN)

TÊNIS NEWS
01/09/2016
17:03
NOVA IORQUE (EUA)

A tenista espanhola Garbiñe Muguruza, número três do mundo, foi eliminada na noite desta quarta-feira na segunda rodada do US Open diante da letã Anastasija Sevastova por 7/5 6/4. Em má fase, ela não sabe explicar o que vem acontecendo.

A jogadora nascida na Venezuela venceu Roland Garros sobre Serena Williams e desde então perdeu duas vezes em estreias, uma nas oitavas na Olimpíada, segunda de Wimbledon e só fez um bom resultado com semi em Cincinnati.

"Acho que é algo pessoal (não cansaço). Quando você está cansada, você diz, Hey, preciso descansar do tênis e algo. Por enquanto quero continuar jogando e continuar. Tentando dar chances para vencer partidas e torneios, não quero parar agora", disse a tenista que foi questionada se o título de Roland Garros ainda estaria na cabeça: "Sabe de uma coisa ? Não penso em Roland Garros por um segundo. Está no passado. Todo mundo foca no próximo torneio. Claro que na cabeça fica o grande feito. Não importa o que, é um troféu de Grand Slam. Não pensei muito quando vim pra cá que tinha vencido o Aberto da França. É um novo torneio e penso o quão longe posso chegar. Esperava que fosse como lá, mas não".

A tenista pontuou que precisava uma melhor preparação, mas também não soube explicar de que forma: "Muita coisa, me preparar um pouco mais para partidas, não sei exatamente. Espero ter dias melhores, jogar perfeito, não sei como dizer, algo específico".

Sobre os barulhos na Arthur Ashe, a maior quadra do mundo para quase 24 mil pessoas, ela deu uma reclamada: "Não senti silêncio em momento nenhum, barulho contínuo. É um estádio muito grande. Tipo um eco. Contínuo. Mas é igual pra qualquer outro jogador. Quando sacava não estava silencioso".