Rafael Nadal

Divulgação

TÊNIS NEWS
21/12/2016
17:36
Mallorca (Espanha)

Carlos Moya, ex-número 1 do mundo e novo membro do time técnico de Rafael Nadal, afirmou que vai exigir o máximo de seu novo pupilo o qual trabalhará junto com Toni Nadal. Pela primeira vez na carreira Rafa fará mudanças no time.

Moya se mostrou surpreso por ter sido escolhido: "Eu sempre acreditei que Nadal acabaria sua carreira com Toni Nadal e Francisco Roig. Falei primeiro com o Toni e logo com o Rafa e aos escutá-los tive claro que têm a ambição de voltar ao nível mais alto", disse Moya que trabalhou em 2016 com Milos Raonic, atual terceiro do mundo.

"O primeiro que necessitamos é que as lesões o respeitem e ao nível de tênis precisa ser mais ofensivo e estar mais acertado nos momentos chave. Se conseguir isso ainda terá bons anos. Nos conhecemos muito e Rafa é muito respeitoso. Devemos nos coordenar e comunicarmos bem entre os três, mas creio que ajuda o fato de sermos amigos".

Moya afirmou que ainda não sabe como será o sistema de viagens: "O objetivo é que Rafa recupere essa aura de invencibilidade que teve durante anos e que esta temporada tiveram Murray e Djokovic. Tomara que esteja com Nadal em tudo que lhe faltar da carreira. Rafa sabe que não gosto de viajar muito porque tenho família, mas vamos vendo. O que é certo é que começaremos na Austrália".