Gaël Monfils voa para salvar bola em Melbourne. Foto: Tennis Australia/Ben Solom

Gaël Monfils (Foto: Tennis Australia/Ben Solom)

TÊNIS NEWS
28/07/2016
19:10
TORONTO (CAN)

Em duelo inédito na ATP, o francês Gael Monfils, 14º do ranking, levou a melhor sobre David Goffin, 11º, pelas oitavas de final do Masters 1000 de Toronto, Canadá. Em mais de duas horas, o ex-top 10 marcou 7/6(5), 2/6 e 6/4 sobre o rival.

Agora, ele espera o vencedor entre o canadense Milos Raonic, 4º cabeça de chave e finalista de Wimbledon, e Jared Donaldson, jovem qualifier americano, 147º colocado, que ontem eliminou Fabio Fognini.

Depois de um primeiro set com uma quebra para cada lado e a decisão no tiebreak, Goffin foi bem melhor na segunda parcial e contou com um Gael disperso, que parecia esperar a etapa decisiva, depois de sofrer duas quebras.

E a terceira parte do jogo foi de tirar o fôlego. Monfils conseguiu o break para fazer 2/0, mas viu Goffin virar o jogo com duas quebras: 3/2. No game seguinte, entretanto, Gael deixou tudo igual novamente. Depois disso, os tenistas confirmaram seus serviços e o belga sacou para se manter vivo na partida no décimo game. No primeiro match-point, Goffin demonstrou muita coragem, fugiu da esquerda e enfiou a mão com a direita na paralela. Contudo, o francês perseverou, jogou um grande ponto na igualdade, disparando um winner paralelo após longa troca de bolas, e contou com o erro do adversário na segunda oportunidade de fechar. Em 2h14, Gael Monfils, que vem de título no ATP 500 de Washington, a maior conquista de sua carreira, conseguiu uma vitória com ‘v’ maiúsculo.

Quem também avançou na capital do Estado de British Columbia foi o búlgaro Grigor Dimitrov. O tenista do Leste Europeu, atual 40º, mas ex-top 10, embalou depois de duas vitórias e empreendeu uma grande atuação diante do gigante croata Ivo Karlovic, 27º, por 6/3 e 7/5. Foi apenas a segunda derrota de Karlovic em três semanas – ele foi campeão em Newport e vice em Washington, antes de parar nas oitavas do evento canadense.