Gaël Monfils voa para salvar bola em Melbourne. Foto: Tennis Australia/Ben Solom

Gaël Monfils (Foto: Tennis Australia/Ben Solom)

TÊNIS NEWS
24/07/2016
18:57
WASHINGTON (EUA)

Num jogo cheio de reviravoltas, o francês Gael Monfils, 17º do ranking, virou sobre o croata Ivo Karlovic, 35º, por 5/7, 7/6(6) e 6/4, em 2h13, e conquistou o ATP 500 de Washington, EUA, seu 6º título na carreira e primeiro da série 500.

É o sexto título da carreira do francês, conhecido pelo grande número de vice-campeonatos – dezenove, ao longo de seus treze anos na ATP. Washington também é o caneco mais importante para o top 20. Antes dele, ele conquistara Sopot, Metz, Montpellier (duas vezes) e Stocolmo, todos da categoria 250.

De quebra, o resultado ainda faz Gael Monfils ir ao nono lugar na Corrida dos Campeões – ranking que conta somente os pontos de cada tenista na atual temporada -, ultrapassar Roger Federer e entrar de vez na briga por uma vaga no ATP Finals, no fim do ano, em Londres – os oito melhores da Corrida se qualificam para o torneio, maior evento do calendário regular do tênis em importância após os Grand Slams.

Karlovic, por sua vez, buscava, no auge de seus 37 anos de idade, o segundo título em duas semanas – no último domingo, ele sagrou-se campeão em Newport, também nos Estaods Unidos.

O JOGO
No primeiro set, Monfils teve três set points no 4/5, mas Karlovic manteve-se firme em seu saque e empatou. No game seguinte, ele foi para cima do francês e conseguiu a quebra, que lhe valeria o primeiro set pouco depois: 7/5.

Na segunda etapa, o croata de 37 anos tomou o saque de Monfils e sacou para o jogo em 5/4. Novamente, o francês teve 0/40, mas dessa vez não desperdiçou. No tiebreak, então, os tenistas não cederam minibreaks e, com isso, Monfils sacou em 5/6 para permanecer vivo. Convertendo seus dois serviços, ele só escorou o saque de Karlovic no 6/7 e contou com um erro do experiente tenista para levar a segunda parcial e fazer a torcida delirar.

No set decisivo, Gael obteve a quebra logo no terceiro game e abriu 2/1. Sem dar chances em seu saque, ele conquistou, na capital estadunidense, o maior título da carreira depois de 2h13.