HOME - Djokovic x Wawrinka - Masters 1.000 de Paris (Foto: Miguel Medina/AFP)

HOME - Djokovic x Wawrinka - Masters 1.000 de Paris (Foto: Miguel Medina/AFP)

TÊNIS NEWS
11/11/2015
11:40
Miami (EUA)

O torneio de Miami, que abriga um Masters 1000 e WTA Premiere, considera mudar de local caso não consiga aprovar projetos de expansão para a disputa do evento realizado no Crandon Park. O torneio recebeu o aval do governo local, mas foi bloqueado por uma ordem judicial.



A ordem veio por conta de protesto de alguns populares que não concordaram com a exclusão de algumas quadras de Har Tru. Uma nova audiência foi marcada.

"Amamos Miami, a comunidade tem sido boa conosco e vamos ficar o mais tempo que pudermos", disse Adam Barett ao jornal Miami Herald: "Mas é questão de suprir a demanda. Parte da infra-estrutura não condiz com outras facilidades e todo dia não fazemos com que elas sejam melhoradas."

O torneio organizado pela IMG tem sido criticado por alguns jogadores por falta de manutenção e melhorias. O evento elaborou projetos de avanços, mas esbarra em restrições de vários lados.

Barett afirma que locais como Orlando, onde a USTA está construindo um CT com 100 quadras e outras cidades como Dubai, Doha, Pequim, Xangai e Cingapura poderiam ficar com o Masters e Premiere: "Não estamos fazendo ameaças, mas há outras várias cidades que adorariam ter este torneio de Miami".