Marcelo Melo e Bruno Soares

Marcelo Melo e Bruno Soares

TÊNIS NEWS
25/02/2016
17:09
SÃO PAULO

Principais favoritos na chave do Brasil Open, os mineiros Marcelo Melo e Bruno Soares estrearam com vitória diante da parceria do espanhol Nicolas Almagro e do brasileiro Eduardo Russi, a qual consideraram bom teste. Contra argentinos esperam jogo duro.

"Foi uma boa primeira rodada. Começamos tentando impor nosso ritmo desde o inicio. As condições, pra mim, são bem diferentes da do Rio (de Janeiro). Mas foi um bom jogo para gente ver onde pode melhorar e ao mesmo tempo foi duro, eles chegaram a ter breakpoint para fazer 4/2 no segundo set. Então foi um jogo que tivemos que jogar para estra na segunda rodada", analisou o númeor um do mundo nas duplas, Marcelo Melo.

Melo contou que sem conhecer como Russi e Almagro jogariam juntos, a dupla entrou aplicada a identificar o padrão de jogo dos rivais e tentar impor seu jogo. "Identificamos do inicio e deu para aprimorar e testar algumas coisas", pontuou.

Bruno Soares, por sua vez, que tem três títulos em São Paulo e em suas outras quatro participações no torneio paulistano caiu na primeira rodada, brincou que agora tem "90% de chance" de conquistar o tetra. "Espero manter a escrita", destacou.

Sobre a parceria dos argentinos Guillermo Duran e Andres Molteni, que derrotaram na primeira rodada os brasileiros Thomaz Bellucci e Marcelo Demoliner, tanto Melo quanto Soares esperam jogo duro.

"Vi o jogo deles todo. São muito sólidos. Devolvem bem e jogam bem de fundo. Teremos que entrar bem de novo, para tentar minimizar o maior número de erros possível", destacou como tática Melo.

Soares contou conhecer um pouco melhor o jogo de Duran, revelou ter assistido a partida contra os brasileiros inteira e resumiu os rivais: "Eles pegam pesado do fundo".