Demoliner Uruguai

Marcelo Demoliner (Foto: ruguay Open)

TÊNIS NEWS
22/11/2015
13:10
Montevidéu, Uruguai

Marcelo Demoliner (Estácio/Asics), atleta da academia Tennis Route do Rio de Janeiro, patrocinado pela Oi, foi vice-campeão, na noite deste sábado, no torneio challenger de Montevidéu (Uruguai), competição sobre o piso de saibro com premiação de US$ 50 mil mais hospedagem.

O gaúcho de Caxias do Sul, 76º do mundo e quarto do Brasil, e o português Gastão Elias, caíram na final diante da parceria cabeça de chave 1 formada pelo eslovaco Andrej Martin e o chileno Hans Podplinik por 6/4 3/6 10/6.

Demoliner encerrou a temporada positiva com oitavas de final em Wimbledon, primeira participação no US Open com segunda rodada com Thomaz Bellucci em jogo apertado contra o campeão de 2013 Radek Stepanek (ao lado de Tommy Haas) além de títulos em Ilkley (Ingaterra) e Cali (Coolômbia), vice em Surbiton (Inglaterra), Guadalajara (México) e Montevidéu (Uruguai) quartas nos ATPs de Bogotá (Colômbia), Newport (Inglaterra), Metz (França) e Buenos Aires (Argentina).

"Foi um ano de muito aprendizado e muita importância em minha formação como duplista.tive resultados inéditos em Grand Slams e uma solidez no meu nível de jogo em torneios ATP. Ano que vem será ainda melhor, vou treinar muito pra isso. Quero agradecer muito minha equipe da Tennis Route e minha família por mais um ano", afirmou o tenista que quer disputar os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro em agosto: "Quero fechar o ano no top 50, vou buscar minha primeira final de ATP e quero disputar a Olimpíada, seria um sonho a ser realizar, vou me dedicar bastante para alcançar essas metas".

Pedro Sakamoto (Unimed Guarulhos), 536º colocado e atleta da equipe carioca, caiu na semifinal do torneio de São Paulo diante do principal favorito, José Pereira, 273º, por um duplo 6/2. Na final de duplas ficou com o vice-campeonato com o atleta da equipe, Pedro Bernardi, caindo na final por 4/6 7/6 (7/4) 10/6 diante de Igor Marcondes e João Walendowsky. O torneio distribuiu US$ 10 mil e foi jogado no saibro.

Fundada em dezembro de 2008, a Tennis Route é formada pela Academia Tennis Route e pelo Instituto Tennis Route. A Academia tem a coordenação técnica dos sócios Carlos Eduardo "Duda" Matos, João Zwetsch e oferece treinamento para todas as idades. A equipe de alto rendimento conta atualmente com cerca de 20 atletas entre eles Fabiano de Paula, Thiago Monteiro, Thiago Wild e Marcelo Demoliner.

O Instituto Tennis Route, entidade sem fins lucrativos, tem como missão transformar a vida de jovens tenistas através do esporte e educação oferecendo oportunidades para criar rotas rumo ao tênis profissional ou universitário.

A Tennis Route tem os patrocínios da Estácio, Oi, Governo do Estado do Rio de Janeiro, CMartins | Advogados Associados, Bichara Advogados, Epg7, Koch Tavares e Pró-Tênis Barra.