Gaël Monfils voa para salvar bola em Melbourne. Foto: Tennis Australia/Ben Solom

Gaël Monfils foi derrotado por Klizan, neste domingo (Foto: Tennis Australia/Ben Solom)

TÊNIS NEWS
14/02/2016
16:00
ROTERDÃ (HOL)

O eslovaco Martin Klizan, 43º da ATP, de 26 anos, surpreendeu e conquistou, neste domingo, o 4º título da carreira, sendo o primeiro acima do nível 250, ao bater Gael Monfils, da França, 18º no ATP 500 de Roterdã, na Holanda.

O jogo durou 2 horas no piso duro holandês e teve o placar de 6/7(1), 6/3 e 6/1. Depois de dois sets muito equilibrados, o francês soltou o pior lado de sua face brincalhona, passando a não levar o jogo tão a sério.

O primeiro set foi disputadíssimo, com os dois batalhando muito para manter seus saques, salvando break points e levando o jogo ao tiebreak. Nele, Monfils foi avassalador, levando a decisão por 7/1.

A segunda parcial manteve a tônica bastante parelha da primeira. Mesmo com mais dificuldades no saque, Klizan manteve-se firme, salvou os dois break points que teve contra e, no oitavo game, quando Monfils servia em 3/4 , aproveitou a única chance que teve, quebrou e foi sacar em 5/3. Com o eslovaco confirmando o saque, tudo indicava mais uma batalha na última fase do jogo.

Mas não. O que se viu foi um Monfils apático, pouco dando importância a um título importante, que diminuiria seu baixo retrospecto de 5 vitórias e 17 derrotas, até então, em finais de ATP. Klizan rapidamente quebrou três saques do número 18 do mundo, fazendo 5x0. Quando teve a primeira chance de sacar para fechar, no entanto, sentiu a pressão e entregou o serviço, mas logo em seguida quebrou Monfils pela impressionante quarta vez no set, fazendo 6/1 e conquistando seu quarto título em 4 finais de ATP e provando que talento nem sempre é tudo.