TÊNIS NEWS
18/10/2016
14:20
LONDRES (ING)

A ITF anunciou, hoje, a revisão de datas e formato para a terceira edição do ITF Masters Juvenil, realizado em Chengdu, na China. O evento de 2017 acontecerá na semana do dia 23 de outubro (neste ano, aconteceu de 08 a 10/04).

Além disso, a entidade dará prêmios que somam US$160 mil para os atletas usarem em despesas de viagens – não é permitida, em nenhuma hipótese, premiação em dinheiro nos torneios juvenis - e declarou que o Masters será parte dos torneios que consagrarão o campeão mundial juvenil do próximo ano.

A competição, lançada em 2015, tem como objetivo ajudar os jovens atletas na parte técnica e financeira (através do prêmio em dinheiro para viagens), visando a difícil transição do juvenil para o profissional. Classificam-se para o torneio os oito melhores atletas masculinos e femininos no ranking até 18 anos da ITF no período entre 12/09/2016 até 10/09/2017, com o ranking do dia 11/09 sendo usado para determinar aqueles que se qualificaram. A disputa tem a mesma fórmula do ATP Finals, com dois grupos de quatro jogadores em que os dois melhores se classificam para as semifinais. A ITF também declarou que irá lançar um ranking, batizado de “Corrida para Chengdu”, para atualizar semanalmente os classificados.

Nos três primeiros anos, a competição é sediada no Sichuan International Tennis Centre, em Chengdu, China, após um acordo da ITF com a Associação Chinesa de Tênis e a Secretária de Esportes de Chengdu.

O presidente da entidade máxima do tênis, David Haggerty, destacou o significado do Masters na transição para o profissional e a elevação da importância do torneio. “Após o sucesso das duas primeiras edições, estamos felizes por conseguir aumentar o status da competição no calendário juvenil da ITF. Estamos comprometidos em ajudar os melhores jogadores juvenis na transição para os rankings profissionais. Sentimos que, alterando a data do evento para a parte final do ano, será mais apropriado para os atletas , e também há a maior importância nos pontos para o ranking juvenil”.

O russo Andrey Rublev e a chinesa Shilin Xu venceram a edição inaugural, em 2015, enquanto o coreano Seong Chan Hong e a russa Anna Blinkova conquistaram a competição neste ano, que teve a participação do brasileiro Orlando Luz, o Orlandinho. Rublev, Xu e Blinkova estão, atualmente, ranqueados entre os 250 melhores jogadores profissionais. Rublev e Hong, inclusive, já representaram seus países na Copa Davis.