Revista em Bruxelas para entrada no Estádio (Foto: AFP/JOHN THYS)

Revista em Bruxelas para entrada no Estádio (Foto: AFP/JOHN THYS)

TÊNIS NEWS
23/11/2015
12:57
Ghent (Bélgica)

A ITF divulgou, nesta segunda-feira, um informe abordando todos os pontos de segurança que serão adotados pela organização da final do Grupo Mundial da Copa Davis neste final de semana entre Bélgica e Grã-Bretanha, em Ghent.

A capital belga Bruxelas, que fica a cerca de 50 quilômetros da cidade das disputas do torneio, no sábado ficou em alerta máximo de segurança em virtude da iminência de ataques terroristas, fechou linhas de metrô, shoppings centers e suspendeu realização de jogos do campeonato nacional de hóquei sobre o gelo, futebol e alguns shows e peças teatrais. O alerta máximo foi ampliado para esta segunda-feira.

A Federação Internacional de Tênis disse em seu comunicado, que ao lado da federação belga, segue em constante contato com as autoridades locais e que a competição será realizada. "Nós estamos tomando todos os cuidados necessários para garantir a segurança das equipes, dos espectadores, da imprensa e toda a equipe que trabalha na organização", diz a ITF, que ainda aponta quais medidas extra de segurança serão tomadas:

De acordo com a ITF, o evento está com todos os ingressos vendidos, portanto nenhum ingresso será disponibilizado e nenhuma pessoa sem ingresso poderá circular na área.

Além disso, a federação informa que o processo de entrada será demorada aquém do habitual e por isso abrirá os portões do Flanders Expo em Ghent, grande Bruxelas, serão abertos duas horas antes do jogo de abertura de cada um dos dias. Bolsas, mochilas, alimentos ou bebidas terão suas entradas permitidas.

A ITF ainda sugere que quem for viajar à Bélgica para o confronto deve contactar sua companhia aérea ou empresa de trem sobre os procedimentos extra de segurança de entrada no país.