Tênis - Nishikori x Nadal

Rafael Nadal (Foto: Andre Chaco/Fotoarena/Lancepress!)

TÊNIS NEWS
18/08/2016
17:09
CINCINNATI (EUA)

O croata Borna Coric, 49º no ranking da ATP, venceu, na tarde desta quinta-feira, o espanhol Rafael Nadal, 5º, por 6/1 e 6/3, em 1h12, e avançou às quartas de final nas quadras duras do Masters 1000 de Cincinnati, EUA.

Esta foi a segunda vitória de Coric contra o oponente em três jogos – antes, vencera em 2014, na Basileia, enquanto Rafa prevaleceu no US Open 2015 – e a terceira sobre um top 10 – além das duas sobre Nadal, ele bateu Murray, em Dubai 2015.

O 5º do ranking, por sua vez, jogou de forma quase irreconhecível, com a intensidade muito abaixo do que normalmente apresenta e cometeu incríveis 29 erros não forçados (Coric, apenas 11), número quase igual aos 35 pontos que fez em toda a partida. Resta saber se isso se deve simplesmente ao cansaço acumulado na “maratona”, como ele mesmo chamou, feita nos Jogos Olímpicos do Rio ou se ele sofreu, infelizmente, alguma lesão – no intervalo entre os sets, o ex-líder do ranking recebeu atendimento no braço esquerdo.

O JOGO
Depois de jogar muito bem em seu primeiro game de serviço, Rafa desandou, perdeu seis games seguidos e o set em apenas 27 minutos, cometendo muitos erros que, sem tirar o mérito do croata, é importante que se diga, praticamente o fizeram entregar a parcial. No 4/1, um atendimento médico já havia sido solicitado para a próxima virada de lado, que acabou sendo no intervalo entre sets, após o ‘Touro Miúra’ perder dois games de saque seguidos em duplas faltas.

O segundo set começou da mesma forma. Sem dar a mínima atenção para qualquer possível problema de Nadal, Coric continuou fazendo seu papel e logo abriu 2/0, quebrando o serviço de Nadal com duas grandes esquerdas e contando, no break point, com um voleio fácil errado pelo favorito. A marca de dez games seguidos feitos pelo croata veio no 4/0, quando ficou evidente que o tenista de Manacor não estava sustentando as trocas de bola, principalmente com a esquerda de Coric.

No quinto game, Borna ainda sentiu a pressão, errou demais e cedeu a quebra, dando início ao melhor momento do top 5 no jogo. Ele sacou muito bem duas vezes, mas o 49º foi muito bem no 4/2 e salvou um break point do espanhol no 5/3 com ótimo saque e um winner de seu excelente backhand. Após poucos mais de 70 minutos, Coric fechou em 6/3 e 2x0 da forma mais apropriada possível: mais uma esquerda vencedora.