Stan Wawrinka

Stan Wawrinka (Foto: AFP / MIGUEL MEDINA)

TÊNIS NEWS
25/05/2016
10:45
PARIS (FRA)

O suíço Stan Wawrinka, 4º do ranking mundial e 3º favorito em Roland Garros, avançou à terceira rodada do Grand Slam parisiense, após superar o japonês Taro Daniel, 90º, por 7/6(7), 6/3 e 6/4.

O atual campeão começou bem, dando impressões de que o jogo seria rápido. Ele teve quatro break points no segundo game e um no quarto, mas desperdiçou as chances cometendo erros bobos, o que seria a tona de sua atuação. No game seguinte, ele precisou salvar duas chances.

Depois disso, os dois tenistas sacaram de forma competente e o set foi ao tiebreak. Nele, os bons serviços continuaram, e o minibreak só chegou no 3/4, quando Stan errou uma direita não forçada. Taro sacou para o set em 6/4, mas o rival disparou dois mísseis de direita, que eventualmente forçaram o nipônico ao erro. O suíço obteve outra miniquebra no 7/7, em erro de forehand do oponente. Indo à rede, Wawrinka fechou a parcial, em 54 minutos, num smash. Alívio para o 4º do ranking.

A segunda etapa foi a mais tranquila do jogo. Logo no primeiro game, o 3º favorito ao caneco na cidade luz quebrou o saque do adversário, com um winner, após uma dupla falta de Daniel no 30/30.

Até o fim do set, Stan não entrou em apuros no serviço. Mesmo desperdiçando algumas chances de quebra, fez 6/3, sem sustos.

A terceira parcial foi a mais tensa. Houve outra quebra no primeiro game, mas, dessa vez, para o oriental, que viu o favorito errar muito. ‘Stan The Man’ não teve oportunidade de break até o 4/3, enquanto teve que sair das cordas em alguns momentos em seu serviço, por causa da alta instabilidade demonstrada. Entretanto, mantendo-se apenas uma quebra atrás, ele pôs a cabeça no lugar, foi paciente no oitavo game, quando o rival sacava em 4/3, e chegou a um 15/40. Aparentando estar um pouco atrofiado, ele só punha as bolas na quadra. Assim, perdeu três break points, mas perseverou e, na quarta chance, disparou um winner com seu melhor golpe, o backhand, e empatou a etapa. Alívio, novamente.

Nos dois games seguintes, era esperado que Stan fosse com tudo para cima. Ele fechou seu saque um ace e pulou na frente do japonês no décimo game. Na terceira igualdade, forçou o erro do 93º colocado e, em uma passada chegando à rede, fechou o set em 6/4 e a partida em 3x0.

Na próxima rodada, ele terá pela frente o local Jeremy Chardy, 32º melhor do mundo e 30º favorito em Paris, que derrotou o tcheco Adam Pavlasek, por 6/4, 6/2 e 6/4.