icons.title signature.placeholder TÊNIS NEWS
icons.title signature.placeholder TÊNIS NEWS
21/08/2015
11:56

A Associação dos Tenistas Profissionais (ATP) enviou um comunicado aos atletas, assinado pelo vice-presidente Gayle David Bradshaw , em que informa que terá "tolerância zero" em relação a "entregadas" em todos os níveis de competição.

O comunicado, que foi impresso em diversos torneios mundo afora, pela equipe de comunicação e relacionamento com atletas, "vazou" e imagens podem ser encontradas nas redes sociais.

A partir de agora, supervisores dos torneios e até mesmo os árbitros de cadeira poderão usar do Código de Conduta para punir os atletas, o que inclui multas.

Confira na íntegra, a tradução do comunicado que pede desportividade e responsabilidade dos tenistas do mundo todo.

 

"Comunicado aos jogadores: Código de conduta - Dar o melhor (sic)"

A todos os jogadores,

Nos últimos meses vimos muitos casos, ou casos suspeitos, de que os jogadores não estão usando seus "Melhores esforços (tradução literal, que pode ser entendida como 'todos os seus eforços')" durante um jogo, como é exigido pelas regras. Eu me refiro ao Código de Conduta da ATP em violações, Todos os Esforços que está em:

 

"Um jogador deve usar todos seus esforços durante o jogo quando está competindo em um torneio. Violar esta sessão sujeitará o jogador a uma multa de até US$ 10 mil por violação. Para o propósito desta regra, o supervisor e/ou o árbitro de cadeira têm a autoridade de penalizar o jogador de acordo com o 'Point Penalty Schedule (Programa de Penalização)'."

 

Jogadores que não puderem dar seu melhor por diferentes razões, nenhum das quais podem ser justificadas. Algumas destas condutas são difíceis de confirmar enquanto outras são óbvias. Os supervisores foram instruídos a alertar e informa os árbitros de cadeira que a política é de "TOLERÂNCIA ZERO" (sic) serve para qualquer jogador que não está dando seu melhor durante um jogo. Sem o uso do "soft warning" (Advertência leve), desta forma, está determinado que o jogador que não 'der seu melhor' então o Código de Violação será emitido.

Este comportamento tem sido comum em nível Challenger, embora isso possa ocorrer em todos os níveis. A credibilidade da competição, e do nosso circuito, está em perigo quando jogadores abusam do privilégio de competir no circuito e esta conduta não poderá mais ser tolerada.

Atenciosamente,

Gayle David Bradshaw
ATP
Vice-Presidente Executivo, Regras e Competição"

A Associação dos Tenistas Profissionais (ATP) enviou um comunicado aos atletas, assinado pelo vice-presidente Gayle David Bradshaw , em que informa que terá "tolerância zero" em relação a "entregadas" em todos os níveis de competição.

O comunicado, que foi impresso em diversos torneios mundo afora, pela equipe de comunicação e relacionamento com atletas, "vazou" e imagens podem ser encontradas nas redes sociais.

A partir de agora, supervisores dos torneios e até mesmo os árbitros de cadeira poderão usar do Código de Conduta para punir os atletas, o que inclui multas.

Confira na íntegra, a tradução do comunicado que pede desportividade e responsabilidade dos tenistas do mundo todo.

 

"Comunicado aos jogadores: Código de conduta - Dar o melhor (sic)"

A todos os jogadores,

Nos últimos meses vimos muitos casos, ou casos suspeitos, de que os jogadores não estão usando seus "Melhores esforços (tradução literal, que pode ser entendida como 'todos os seus eforços')" durante um jogo, como é exigido pelas regras. Eu me refiro ao Código de Conduta da ATP em violações, Todos os Esforços que está em:

 

"Um jogador deve usar todos seus esforços durante o jogo quando está competindo em um torneio. Violar esta sessão sujeitará o jogador a uma multa de até US$ 10 mil por violação. Para o propósito desta regra, o supervisor e/ou o árbitro de cadeira têm a autoridade de penalizar o jogador de acordo com o 'Point Penalty Schedule (Programa de Penalização)'."

 

Jogadores que não puderem dar seu melhor por diferentes razões, nenhum das quais podem ser justificadas. Algumas destas condutas são difíceis de confirmar enquanto outras são óbvias. Os supervisores foram instruídos a alertar e informa os árbitros de cadeira que a política é de "TOLERÂNCIA ZERO" (sic) serve para qualquer jogador que não está dando seu melhor durante um jogo. Sem o uso do "soft warning" (Advertência leve), desta forma, está determinado que o jogador que não 'der seu melhor' então o Código de Violação será emitido.

Este comportamento tem sido comum em nível Challenger, embora isso possa ocorrer em todos os níveis. A credibilidade da competição, e do nosso circuito, está em perigo quando jogadores abusam do privilégio de competir no circuito e esta conduta não poderá mais ser tolerada.

Atenciosamente,

Gayle David Bradshaw
ATP
Vice-Presidente Executivo, Regras e Competição"