David Goffin na coletiva da final da Copa Davis. Crédito: Paul Zimmer

David Goffin (c) chega pela primeira vez à semifinal de um Masters 1000 (Crédito: Paul Zimmer)

TÊNIS NEWS
17/03/2016
19:51
INDIAN WELLS (EUA)

O belga David Goffin, 18º da ATP, venceu o croata Marin Cilic, 12º, por 7/6(4) e 6/2, em 1h37, sendo o primeiro tenista a carimbar o passaporte para a semifinal do Masters 1000 de Indian Wells, disputado em piso duro e que distribui mais de US$6 milhões, em 2016.

O jogo foi bastante duro na primeira parte, mas a segunda foi fácil. Goffin, que vencera Cilic há dez dias, na primeira rodada da Copa Davis, disputada em Liege, Bélgica, repetiu o resultado, abrindo 2x0 no confronto direito contra o croata.

O primeiro set foi equilibrado. Cilic jogou melhor, criou várias chances de quebra, mas lhe faltou eficiência. Goffin, por sua vez, quando já havia salvado quatro break points do croata, conseguiu vazar o serviço do oponente no 4x4, mas, como ontem, quando bateu Wawrinka, teve muitas dificuldades no game importante, ainda salvou mais três chances do adversário, mas, após um tombo em quadra, viu Marin somente pôr a bola em quadra, para seu lamento.

Cilic ainda teve quatro set points com o adversário sacando em 5/6, mas o jogo foi mesmo para o tiebreak.

A decisão começou com Cilic conseguindo um minibreak no 1/1, mas Goffin recuperou-se e reverteu a situação, impondo miniquebras ao 12º do ranking quando este sacava em 3/1 e 3/4, eventualmente vencendo o tiebreak por 7/4, em mais de uma hora de set.

Na segunda parcial, Goffin deslanchou. Jogando melhor, ele dominou a etapa desde o início, conseguindo chances de quebra ao longo de todo o set. Se enfrentou incríveis doze chances de quebra no primeiro set, não cedeu uma sequer no segundo, e, aproveitando duas das cinco que teve, quando Cilic sacava em 2/3 e 2/5, fez 6/2, dessa vez em pouco mais de meia hora, fechando o jogo por 2x0, em 1h37min.

Agora, classificado à semifinal, ele espera o vencedor do confronto entre o canadense Milos Raonic e o francês Gael Monfils, que fazem o último jogo da quadra central, nesta noite, às 23h.