Nick Kyrgios

Nick Kyrgios em Dubai. Crédito: Divulgação

TÊNIS NEWS
02/06/2016
21:07
Canberra (Austrália)

Número 19 do mundo e garoto-problema com várias confusões no currículo, Nick Kyrgios se desentendeu com o Comitê Olímpico Australiano e anunciou sua desistência dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, que começam no dia 6 de agosto no tênis.

Em comunicado publicado em seu website nesta quinta-feira, o jovem de 21 anos afirmou: "Com o coração pesado tive que tomar a decisão de não competir nos Jogos do Rio de Janeiro. Tomar essa decisão foi um longo e difícil processo e estou extremamente desapontado de colocar essa posição lamentável", disse Kyrgios que seguiu com o anúncio relatando seu problema com a Comitê Olímpico local.


"Representar a Austrália nos Jogos Olímpicos sempre foram o sonho desde criança e era o objetivo jogar este ano. Planejei esse torneio no meu calendário e tive certeza de estar apto para os Jogos. Infelizmente, quando expressava toda minha intenção de buscar uma medalha no Rio está bem claro que o Comitê Olímpico da Austrália tem outros planos".


"O tratamento injusto da AOC comigo nas últimas quatro semanas, assim como a cristalização da posição da organização na questão de me querer parte do time Olímpico da Austrália solidificou minha decisão final".


"Enquanto a Tennis Australia (federação de tênis local) assegurou que seria nomeado pro time olímpico, a AOC escolheu publicar e me desacreditar. Nenhum só um membro da AOC veio a mim, à minha família, minha equipe ou representantes da Tennis Australia querendo uma reunião para discutir sobre esses problemas. A AOC atacou demonstrando falta de habilidade em entender as circunstâncias de esportes muitos competitivos. Não quero que o tratamento da AOC a mim seja por distração e com efeito negativo para o time olímpico".


"Estou grato à Tennis Australia por ter me apoiado no processo para o time. Quero agradecer o público e membros da mídia que me deram apoio e voz. Sou um australiano orgulhoso e sempre amei representar meu país. Tenho sorte por ser jovem e ter tempo suficiente para vestir o verde e cor de ouro nas Olimpíadas no futuro. Espero estar no time dentro de quatro anos".

Kyrgios segue Bernard Tomic que também teve problemas com o Comitê Olímpico do país. Além deles, nomes como Dominic Thiem, John Isner, Feliciano Lopez e Ernests Gulbis não estarão no Rio. Gulbis afirmou que será bem provável sua ausência e disse ainda que Jogos Olímpicos sem pontos e dinheiro é "turismo".

Kyrgios é um dos mais talentosos da nova geração com vitórias contra vários dos melhores do mundo e polêmicas ao afirmar em quadra que a namorada de Stan Wawrinka teria dormido com outro jogador fora diversos problemas com arbitragem. Ele ficou de quarentena pela ATP após o caso com Wawrinka até fevereiro deste ano.