Ferrer vibra com a conquista do ATP de Auckland (Foto: Nigel Marple/Reuters)

Ferrer vibra com a conquista do ATP de Auckland (Foto: Nigel Marple/Reuters)

Tênis News
25/01/2016
10:24
Melbourne (Austrália)

O espanhol David Ferrer, oitavo do ranking da ATP, chegou a sua sexta quarta de final do Australian Open, após bater o grandalhão norte-americano John Isner, 11º, em sets diretos, e aguarda por definição de rival entre Andy Murray e Bernard Tomic.

O espanhol de Javea precisou de 2h04 para fechar a partida em 6/4 6/4 7/5 tendo disparado apenas um ace contra 18 de Isner, que cometeu 49 erros não-forçados contra 17 de Ferrer, que bateu 28 bolas vencedoras contra 39 do norte-americano.

Em um jogo onde o saque dos dois tenistas mandou, o primeiro set começou mais favorável ao norte-americano, que teve chances de quebrar o saque do espanhol no segundo e quarto game, mas não as converteu e precisou tentar manter seu saque sólido para controlar Ferrer. A tática não durou muito e Isner, resistiu no quinto e sétimo games com ace, mas foi quebrado no nono game vendo o espanhol sacar para fechar a parcial.

O jogo seguiu da mesma forma no segundo set. Os dois tenistas erraram menos. Sólidos em seus games de saque, Ferrer não foi ameaçado durante a etapa e converteu a única chance de quebra que teve em erro não-forçado do norte-americano no sétimo game e administrou o placar.

O terceiro set seguiu a toada da partida e a quebra veio apenas no décimo primeiro game, para o espanhol, que firme na devolução pressionou o rival e na sequência fechou a partida.

Pela sexta vez na carreira nas quartas de final do Australian Open, Ferrer encara o escocês Andy Murray que bateu o local Bernard Tomic por 6/4 6/4 7/6 (4).