icons.title signature.placeholder TÊNIS NEWS
icons.title signature.placeholder TÊNIS NEWS
31/08/2015
19:04

Número dois do Brasil e 91º do mundo, João Olavo Souza, o Feijão, caiu na confiança do sérvio Novak Djokovic, o número 1 do mundo, na primeira rodada do US Open na maior quadra do mundo, o Arthur Ashe Stadium, nesta segunda-feira.

O tenista da Acioly Tennis Team, do Rio de Janeiro, pupilo de Ricardo Acioly, perdeu por 3 sets a 0 com um triplo 6/1 após 1h11min de duração.

Feijão segue sem vencer em Grand Slams somando sua sétima derrota. Ele não vem em uma boa fase na carreira perdendo a sétima seguida e a 18ª nos últimos 22 jogos, desde o épico jogo da Copa Davis contra Leonardo Mayer em 6h42min de duração, o segundo jogo mais longo da história do tênis.

Djokovic, por sua vez, vai lutando por seu segundo título em Nova York e na segunda rodada enfrenta o canadense Vasek Pospisil ou o austríaco Andreas Haider-Maurer.

O JOGO

Djokovic conseguiu dominar os pontos no fundo de quadra, balançando e levando o brasileiro aos erros para conseguir duas quebras e fechar por 6/1 em 23 minutos. Feijão teve um 15/30 no quinto game onde Nole sacou e jogou firme.
Na segunda etapa o brasileiro começou confirmando e animado, mas erros bobos o fizeram perder o saque e a cabeça. Djokovic sobrou com winners para fechar por 6/1 em 26 minutos.

O terceiro set foi parecido. Feijão começou confirmando, mas depois sucumbiu diante da qualidade do sérvio e foi quebrado duas vezes para cair por 6/1.

Foram dez winners e 27 erros do brasileiro enquanto que Nole acertou 24 bolas vencedoras e errou apenas sete.

Número dois do Brasil e 91º do mundo, João Olavo Souza, o Feijão, caiu na confiança do sérvio Novak Djokovic, o número 1 do mundo, na primeira rodada do US Open na maior quadra do mundo, o Arthur Ashe Stadium, nesta segunda-feira.

O tenista da Acioly Tennis Team, do Rio de Janeiro, pupilo de Ricardo Acioly, perdeu por 3 sets a 0 com um triplo 6/1 após 1h11min de duração.

Feijão segue sem vencer em Grand Slams somando sua sétima derrota. Ele não vem em uma boa fase na carreira perdendo a sétima seguida e a 18ª nos últimos 22 jogos, desde o épico jogo da Copa Davis contra Leonardo Mayer em 6h42min de duração, o segundo jogo mais longo da história do tênis.

Djokovic, por sua vez, vai lutando por seu segundo título em Nova York e na segunda rodada enfrenta o canadense Vasek Pospisil ou o austríaco Andreas Haider-Maurer.

O JOGO

Djokovic conseguiu dominar os pontos no fundo de quadra, balançando e levando o brasileiro aos erros para conseguir duas quebras e fechar por 6/1 em 23 minutos. Feijão teve um 15/30 no quinto game onde Nole sacou e jogou firme.
Na segunda etapa o brasileiro começou confirmando e animado, mas erros bobos o fizeram perder o saque e a cabeça. Djokovic sobrou com winners para fechar por 6/1 em 26 minutos.

O terceiro set foi parecido. Feijão começou confirmando, mas depois sucumbiu diante da qualidade do sérvio e foi quebrado duas vezes para cair por 6/1.

Foram dez winners e 27 erros do brasileiro enquanto que Nole acertou 24 bolas vencedoras e errou apenas sete.