Roger Federer

Shannghai Rolex Masters

TÊNIS NEWS
14/10/2017
12:33
Xangai (China)

A final do Masters 1000 de Xangai, na China, terá o clássico entre Roger Federer versus Rafael Nadal. Após o espanhol se classificar diante do croata Marin Cilic, quinto do mundo, o suíço confirmou sua vaga virando contra Juan Martin del Potro, 23º.

O suíço se vingou de derrota nas quartas do US Open superando o natural de Tandil com parciais de 3/6 6/3 6/3 após 1h57min de duração.

O jogo foi marcado pela dúvida prévia se Delpo entraria ou não em quadra após machucar o punho esquerdo operado três vezes. Diante de teste feito menos de duas horas antes, o sul-americano foi para a partida e mostrou poder ofensivo não só na direita como no backhand. Salvou um break de Federer e quebrou para abrir 5/2 e liquidar o set por 6/3 cravando um ace, 38 minutos de disputa.

Na segunda parcial Federer pressionou e na quinta chance conseguiu a quebra abrindo 4/1 e sustentou o saque fechando por 6/3 com muitas reclamações do argentino diante do barulho dos torcedores chineses favoráveis a Roger.

Na terceira Federer abriu 3/1 e fechou cm nova quebra após longa troca de bolas até o erro de Delpo no backhand.

Neste domingo às 6h30 do horário de verão do Brasil, Roger encontra seu maior rival pela 38ª vez. Apesar do espanhol liderar por 23 a 14, Roger vem numa sequência de quatro vitórias seguidas, três somente este ano no Australian Open em cinco sets na final, e dois sets em Indian Wells nas oitavas e Miami também na decisão.

Roger, campeão na China em 2014, vai em busca de seu 94º troféu, 27º de Masters 1000 e Nadal de seu 76º troféu, 31º de Masters.

A partida tem uma importância crucial para o número 1 ao fim do ano. Nadal sustenta vantagem de 2.370 pontos com mais três mil a disputar após Xangai. Se vencer, Roger diminui para 1.960 e fica vivo na briga, se perder a vantagem sobe para 2.760 e deixa Nadal a poucas vitórias da conquista.