Roger Federer

Roger Federer em Stuttgart. Crédito: Peter Staples/ATP World Tour

TÊNIS NEWS
09/06/2016
09:57
Stuttgart (Alemanha)

Número três do mundo, Roger Federer levou um susto nesta quinta-feira, precisou jogar três sets, mas passou pelo jovem talentoso americano de 18 anos, Taylor Fritz, em sua volta às quadras no ATP 250 de Stuttgart, na Alemanha, após sair de Roland Garros com problema nas costas.

Federer precisou de 1h40min em jogo de dois dias para vencer sua estreia na grama na temporada diante do 65º colocado por 6/4 5/7 6/4.

Roger vem de um ano conturbado. Machucou o joelho e fez artroscopia após o Australian Open ao preparar banho para suas filhas e lesionou as costas jogando no saibro com problemas e ficando de fora de Paris, sua primeira ausência de um Grand Slam desde o US Open de 1999.

Nas quartas de final no torneio alemão que migrou pra grama ano passo ele pega o local Florian Mayer, 226º, que veio do quali e derrotou nas oitavas o também alemão Michael Berrer.

Federer tenta seu 16º título na superfície onde tem sete títulos de Wimbledon e oito em Halle, na Alemanha.

Com o triunfo de hoje, Roger iguala Ivan Lendl com 1071 vitórias na carreira e se torna o segundo maior ganhador. Jimmy Connors, com 1253, é o recordista.

O jogo

Com uma hora de atraso, em virtude da chuva, a partida entre Fritz e Federer foi iniciada na quarta-feira em Stuttgart. O esteve intenso e com belas jogadas, até que no sétimo game, após abrir 30-0 com saque, Fritz cometeu erros bobos e em uma dupla-falta entregou a quebra de saque ao suíço, que na sequência viu a chuva cair sobre o clube de Stuttgart, o que adiou a partida, até que ela fosse finalmente cancelada e transferida para a quinta-feira.

Na retomada da partida, o jogo seguiu duro. Ainda mais agressivo, Fritz salvou setpoint no décimo game e deu trabalho ao suíço, que precisou salvar breakpoint para fechar set.

Federer se complicou no quarto game ao ver o jovem pressionar com o forehand, mas sacou firme, salvou duas chances de quebra e confirmouseu serviço. A disputa seguiu com os dois tenistas firmes no saque, buscando colocá-lo bem angulado e tentando a definição na segunda bola. A tática deu certo na maioria dos games, que foram disputados em pontos curtos e definidos rapidamente.

A terceira etapa foi um reflexo do jogo, com games pouco disputados, os tenistas sacando bem e buscando definir rapidamente. Fritz teve a chance de quebra no sexto game, após dupla-falta do suíço, mas não conseguiu a confirmar e teve seu saque quebrado no nono game, após ser movimentado na linha de base. Federer sacou firme para definir.