HOME - Roger Federer x Stanislas Wawrinka - ATP World Finals (Foto: Leon Neal/AFP)

Federer cumprimenta Wawrinka após classificação para final em Londres (Foto: Leon Neal/AFP)

TÊNIS NEWS
21/11/2015
19:38
Londres (Inglaterra)

O principal clássico dos últimos dois anos e que não aconteceu no torneio no ano passado vai fechar a temporada da ATP neste domingo na decisão do ATP World Finals. Após Novak Djokovic bater Rafael Nadal, Roger Federer superou Stan Wawrinka.

No duelo suíço, Roger, terceiro do mundo, derrotou o quarto colocado por 2 sets a 0 com parciais de 7/5 6/3 após 1h10min de duração na O2 Arena de Londres, na Inglaterra.

Foi o 21º encontro entre os dois e a 18ª vitória do tenista da Basileia que repete o triunfo da semifinal ano passado diante do rival que mora em Lausanne.

Federer, que é o recordista com seis títulos do torneio com os oito melhores do ano, jogará em busca do heptacampeonato (venceu em 2003, 2004, 2006, 2007, 2010 e 2011) e disputará sua 10ª final na competição.

Seu rival será Djokovic o qual venceu por 7/5 6/2 na primeira fase e que superou Nadal na semi com contudentes 6/3 6/3. São 22 vitórias de Federer em 43 partidas.

Ano passado a final seria esta, mas Roger deu WO com lesão nas costas. Nole o derrotou na final de 2012 no mesmo local. No ano são sete jogos entre eles e quatro vitórias de Djokovic, entre elas as finais de Wimbledon e US Open, vencendo também as finais de Indian Wells e Roma. Federer ganhou as finais de Cincinnati, Dubai e na primeira fase do Finals.

O título valerá também para Federer fechar o ano como número dois do mundo na frente de Andy Murray.

O JOGO

Um primeiro set muito rápido com os dois sacando bem e confirmando facilmente até Roger ser traído pela rede duas vezes seguidas e tomar a quebra. Stan sacou bem, fez 4/2, mas cometeu erros, permitiu a virada e Federer fechou com duas boas direitas cruzadas com passadas para fechar por 7/5 em 36 minutos. Destaque pros 15 winners e 10 erros de Federer. Stan acertou dez vencedoras e errou 14.

Na segunda etapa Roger conseguiu uma quebra cedo, segurou o saque após 0/30 para fazer 4/1 e viu Stan sobreviver salvando game complicado e depois match-point no 2/5 com direita vencedora. No saque Federer foi firme e com erro na devolução do rival fechou por 6/3, sem sustos.