Roger Federer

Divulgação AELTC

TÊNIS NEWS
17/07/2017
09:14
Ponte Vedra Beach (EUA)

Em novo ranking divulgado nesta segunda-feira, Roger Federer confirmou sua subida de duas posições ao terceiro lugar da ATP indo aos 6545 pontos ao somar 2000 do título de Wimbledon e descartar 720 da semifinal da temporada anterior.

Federer está a 1,2 mil de Andy Murray que somou 360, mas descartou o título do ano passado caindo para 7750. A diferença para Rafael Nadal é de 285 que pode assumir a ponta já no próximo torneio em Montreal no início de agosto caso alcance a semifinal.

Novak Djokovic ficou no quarto posto com 6325 com as quartas no All England Club deixando o suíço Stan Wawrinka, ates o 3º, para o quinto lugar. Marin Cilic somou 1200 descartando 360 e manteve o sexto lugar com 5075. Milos Raonic perdeu dois degraus e é o nono. Dominic Thiem é o sétimo seguido pello japonês Kei Nishikori. Grigor Dimitrov fecha o top 10.

Disputa pelo Nº 1 do ano - Roger Federer deu um salto na briga pela liderança do ano que será o ranking em novembro. Ele foi aos 6545 contra 7095 de Nadal que somou 180. Os dois se revezaram na ponta até o meio da temporada de saibro em que Federer não jogou e Nadal aproveitou para pegar a liderança. Dominic Thiem é o terceiro com menos da metade dos pontos de Nadal com 3345. Stan Wawrinka é o quarto . Marin Cilic subiu seis e é o quinto. Alexander Zverev o sexto seguido por Novak Djokovic. Andy Murray completa o top 8 que iria ao ATP World Finals, em Londres, na Inglaterra.