2014 Roger Federer perdeu para  Novak Djokovic

(Foto: AFP/GLYN KIRK)

Tênis News
19/07/2016
16:12
Toronto (Canadá)

O suíço, número três do ranking da ATP, Roger Federer anunciou há pouco que não disputará o Masters 1000 do Canadá, que este ano será realizado em Toronto, a partir da próxima segunda-feira, 25 de julho.

Duas vezes campeão no Canadá, Federer se une a Andy Murray - se recuperando das últimas semanas de muitos jogos e finais em todos os torneios - e não disputará o Masters canadense.

O suíço, que está focado em conquistar o ouro nos Jogos do Rio de Janeiro, que terão inicio em 8 de agosto, declarou em seu Facebook oficial:

"Tive que tomar a dura decisão de não disputar o Masters 1000 do Canadá. Toronto é um dos meus eventos favoritos no calendário e estou desapontado de não estar apto de competir frente a ótima torcida canadense. Observando além, é o melhor pra mim ter mais um tempo de descanso pós Wimbledon. Estou empolgado de voltar ao Canadá no próximo ano e desejo a Karl Hale (Diretor executivo do torneio) e a todo da Tennis Canadá (federação local) muito sucesso no torneio"

Novas baixas

Além de Federer e Murray, os espanhóis David Ferrer e Rafael Nadal, respectivamente 14º e quarto do ranking da ATP, não disputarão o torneio canadense visando o descanso e a preparação para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

Nadal, que está se recuperando de uma lesão no punho, que o tirou da chave de Roland Garros antes das quartas de final e o afastou do circuito desde então declarou ao site do torneio: "Apenas comecei a treinar há uma semana e o meu corpo ainda não está pronto para jogar uma competição da exigência do Masters 1000 do Canadá".

Já David Ferrer, que tem tido um ano de baixo rendimento e várias baixas físicas apenas justifico-se com "razões pessoais".