Roger Federer

(Foto: AFP / VALERY HACHE)

Tênis News
09/05/2016
09:29
Roma (Itália)

Mesmo com lesão nas costas e sem jogar o Masters 1000 de Madri, na Espanha, o tenista suíço Roger Federer voltou à vice-liderança do ranking da Associação dos Tenistas Profissionais nesta segunda-feira.

Federer ficou com 7525 pontos, a mesma pontuação de Murray que defendia 1000 de Madri, mas somou 600 da final. Federer fica na frente por ter melhores resultados nos principais eventos do Grand Slam e Masters. Ele volta a jogar em Roma esta semana onde defende o vice e portanto sua colocação em semana decisiva. O número dois na próxima tabela evita Novak Djokovic até a final de Roland Garros.

O sérvio somou 1000 e tem nove mil pontos de vantagem para Federer. Ele tem 16555 e já tem 97 semanas seguidas na liderança, a cinco da terceira maior marca que é de Pete Sampras com 102.

Nadal perdeu 240 pontos e está com 5675 e vê Stan Wawrinka mais de longe. O suíço está com 6380. Com semis a defender no Foro Itálico, Stan é um pouco ameaçado pelo espanhol que descarta 180 das quartas.

O português João Sousa, quadrifinalista em Madri, subiu cinco e pela primeira vez está no top 30 com o 30º posto.