Roger Federer

Roger Federer. Crédito: André Valle

TÊNIS NEWS
19/05/2016
12:51
Paris (França)

Não adiantou o apelo do presidente da França, François Hollande. Roger Federer anunciou, no início da tarde desta quinta-feira, sua desistência de Roland Garros, segundo Grand Slam da temporada, em que foi campeão em 2009.

A lesão nas costas que vem sentindo desde o torneio de Madri, do qual desistiu, é a responsável pela saída do tenista do Major que começa no domingo em Paris, na França.

Ele já havia sinalizado em Roma se continuasse do jeito que estava não jogaria no Aberto francês. Atuou na Itália reclamando em todas as partidas e caindo nas oitavas para Dominic Thiem. Federer fez um treinamento na quarta-feira e bateu bola por apenas vinte minutos.

"Lamento anunciar que tomei a decisão de não jogar o Aberto da França. Tenho feito um progresso linear em meu físico, mas ainda não estou 100% e sinto que não posso assumir um risco desnecessário jogando este evento antes de estar preparado", disse Federer em suas redes sociais.

"Essa decisão não é fácil pra mim, mas quero assegurar em poder jogar o resto do ano e ampliar minha carreira. Sigo motivado e ansioso como nunca e meu plano é atingir meu melhor no aspecto físico para voltar na temporada de grama. Peço desculpas aos meus fãs em Paris, mas quero muito retornar em 2017".