icons.title signature.placeholder TÊNIS NEWS
icons.title signature.placeholder TÊNIS NEWS
22/08/2015
15:14

Roger Federer saiu em defesa de seu grande rival Rafael Nadal  nesta sexta-feira, em Cincinnati, quando questionado sobre a má fase do espanhol. Para o suíço, é apenas questão de tempo para que o Touro Miúra volte a conquistar grandes títulos.



"Não acho que ele está jogando mal. Ele é muito bom, uma lenda do tênis, não estou preocupado com ele. A qualquer momentopode explodir e voltar a ganhar torneios", afirmou o natural da Basileia.

"O fato de não ter vencido Roland Garros  e dominado a temporada de saibro com certeza gerou dúvidas, mas talvez ele só esteja demorando um pouco mais dessa vez para se recuperar, ao contrário das outras lesões que teve onde voltou ganhando tudo. Agora o que ele precisa fazer é apenas trabalhar seu jogo. Esse é o melhor caminho a seguir, continuar trabalhando duro como ele sempre fez que uma hora as coisas vão mudar para melhor", acrescentou.

Nadal sofreu com lesões no segundo semestre do ano passado e chegou a quase sair do top 10. Atualmente ele é o número oito do mundo, mas ainda não conseguiu um grande título no ano, nem sequer uma vitória sobre um top 5.

Roger Federer saiu em defesa de seu grande rival Rafael Nadal  nesta sexta-feira, em Cincinnati, quando questionado sobre a má fase do espanhol. Para o suíço, é apenas questão de tempo para que o Touro Miúra volte a conquistar grandes títulos.



"Não acho que ele está jogando mal. Ele é muito bom, uma lenda do tênis, não estou preocupado com ele. A qualquer momentopode explodir e voltar a ganhar torneios", afirmou o natural da Basileia.

"O fato de não ter vencido Roland Garros  e dominado a temporada de saibro com certeza gerou dúvidas, mas talvez ele só esteja demorando um pouco mais dessa vez para se recuperar, ao contrário das outras lesões que teve onde voltou ganhando tudo. Agora o que ele precisa fazer é apenas trabalhar seu jogo. Esse é o melhor caminho a seguir, continuar trabalhando duro como ele sempre fez que uma hora as coisas vão mudar para melhor", acrescentou.

Nadal sofreu com lesões no segundo semestre do ano passado e chegou a quase sair do top 10. Atualmente ele é o número oito do mundo, mas ainda não conseguiu um grande título no ano, nem sequer uma vitória sobre um top 5.