Ferrer (Foto: Ricardo Ramos)

Ferrer (Foto: Ricardo Ramos)

TÊNIS NEWS
13/01/2016
11:03
AUCKLAND (NZE)

Principal favorito e tetracampeão do torneio neozelandês, o espanhol David Ferrer passou facilmente pelo qualifier australiano Matthew Barton, por 6/2 e 6/4, nesta quarta feira.

Ferrer, que tem mais títulos em Auckland do que qualquer jogador na Era Aberta – Guga venceu o torneio em 2003 -, vencendo em 2007 e de 2011 a 2013, aceitou um convite para jogar o campeonato depois de uma inesperada derrota na primeira rodada de Doha, Catar, na semana passada. O favorito ao título foi perfeito nos pontos ganhos com o primeiro saque (11/11) no primeiro set, e, no total do jogo, venceu 23 dos 26 pontos com seu primeiro serviço, fechando o jogo em apenas 1 hora e 5 minutos.

Barton, seu adversário, conseguiu entrar na chave de um ATP 250 após a 13ª tentativa e venceu a estreia em chaves principais contra o americano Steve Johnson.

Mais tarde, o francês Jo-Wilfried Tsonga, segundo cabeça de chave, conseguiu uma boa vitória contra o perigoso alemão Philipp Kohlschereiber, por 6/3 e 6/4, em 1 hora e 7 minutos de partida. Na próxima fase, ele enfrenta o italiano de difícil temperamento Fabio Fognini, que despachou o holandês Thiemo de Bakker, por duplo 6/1, em velozes 47 minutos.

Isner também venceu, mas suou bem mais: contra o compatriota Sam Querrey, o americano já esperava um jogo baseado quase exclusivamente no saque. O resultado foi os dois combinando para incríveis 52 aces e não houve quebras de saque até o sétimo game do terceiro e decisivo set, quando Isner, terceiro favorito ao título do torneio, conseguiu a liderança por 4/3 e serviu mais duas vezes para concretizar, com um ace, a vitória, por 7/6(8), 6/7(4) e 6/4, em 2 horas e 13 minutos.

“Foi obviamente uma partida muito dura. Eu considerava essa partida como um lançamento de moeda, e eu fui feliz de vencê-la”, disse o americano.

O oitavo favorito, Roberto Bautista-Agut, da Espanha, salvou os dois break points que enfrentou, na partida contra o canhoto americano Donald Young, e venceu por 6/4 e 7/6(3), em 1 hora e 26 minutos.

Benoit Paire, da França, quinto favorito em Auckland, foi derrotado pelo tcheco Lukas Rosol, por 6/4 e 7/6.