Novak Djokovic em Paris

Novak Djokovic em Paris (Peter Staples/ATPWorld tour)

TÊNIS NEWS
06/11/2015
19:44
Paris (França)

Em um jogo disputadíssimo, com dois tie-breaks, Novak Djokovic fez valer a freguesia diante do tcheco Tomas Berdych, quinto colocado, para se garantir na semifinal do Masters 1000 de Paris, na França, e de quebra garantir a 20ª vitória seguida.

O líder do ranking precisou de 2h07min para vencer o rival pela vigésima vez em vinte e duas partidas com parciais de 7/6 (7/3) 7/6 (10/8) salvando dois set-points na segunda etapa.

A vitória marca a 20ª seguida do tenista que tem nove títulos no ano e não sabe o que é perder desde meados de agosto na final em Cincinnati, nos Estados Unidos. De lá pra cá títulos do US Open, ATP 500 de Pequim, na China, e Masters 1000 de Xangai, na China.

O triunfo é o 680º da carreira e o 76º em 81 partidas do natural de Belgrado no ano. Ele vai enfrentar Rafael Nadal, sexto do mundo, ou Stan Wawrinka, quarto colocado, na semifinal da tarde deste sábado.

O jogo

A partida foi super equilibrada com o tcheco atuando em alto nível com boa movimentação, conseguindo chegar nas anguladas bolas do sérvio e pressionar no serviço. Sem quebras o primeiro set terminou em um tie-break dominado por Nole com mais eficiência desde os primeiros pontos.

Na segunda etapa jogo similar, sem oportunidades pros dois lados e com Berdych iniciando melhor o tie-break com miniquebra. Djokovic abriu 5 a 3, mas Tomas virou para 6 a 5, cometeu erro no primeiro set-point e no segundo, com o saque e 7 a 6, jogou direita boba pra fora. Com mais dois erros ele deu a vitória para Nole que na verdade precisou jogar um outro match-point não fosse um erro da juíza de linha numa bola boa dada como fora e que viria fácil para o sérvio definir.