Novak Djokovic

Novak Djokovic. Crédito: André Valle

TÊNIS NEWS
27/03/2016
19:59

Número 1 do mundo, Novak Djokovic não teve uma vida fácil no primeiro set, mas usou sua experiência para se garantir nas oitavas de final do Masters 1000 de Miami, na Flórida, torneio sobre o piso rápido com premiação de US$ 6,1 milhões.

Djokovic necessitou de 1h18min para marcar 6/4 6/1 diante do portuguÊs João Sousa, 38º colocado e 33º favorito na quadra central do Crandon Park. Foi o terceiro embate entre os dois e a terceira vitória de Nole.

O natural de Belgrado alcançou sua vitória 710 na carreira e 24ª no ano igualando com o austríaco Dominic Thien, 14º do mundo, em triunfos na temporada. Thiem será exatamente seu próximo rival na terça-feira nas oitavas de final na Flórida.

Apenas um jogo foi disputado entre os dois com vitória de Nole em 2014 no Masters 1000 de Xangai, na China.

O jogo

Djokovic teve sua quebra, abriu 4/3, mas viu Sousa criar chances e devolver a desvantagem na quarta oportunidade com direitas pesadas. O lusitano teve vários game-points, tentava ser agressivo, mas cometia erros. Pagou caro sendo quebrado com potentes golpes de Nole que rompeu e fechou por 6/4 em 51 minutos somando 14 winners e 14 erros - João teve sete vencedoras e errou 15.

Na segunda etapa após levantar um 0/40 no primeiro game, Sousa não foi mais páreo, viu Djoko quebrar no terceiro game e jogar seu melhor nível distribuindo jogadas para fechar por 6/1 com um belo último game com winners e deixada com sorte para liquidar.