Novak Djokovic

Novak Djokovic. Crédito: André Valle

TÊNIS NEWS
31/03/2016
00:07
Miami (EUA)

Número 1 do mundo, Novak Djokovic segue em busca do sexto título em Miami para igualar o recorde de conquistas de Andre Agassi. Nesta quarta-feira ele se classificou às semifinais ao bater o tcheco Tomas Berdych, sétimo do mundo.

O sérvio superou o rival pela décima vez seguida com um duplo 6/3 após 1h39min de duração. Nole somou sua 23ª vitória em 25 jogos e não sabe o que é perder desde maio de 2013 no Masters 1000 de Roma, na Itália.

Esta é a 26ª vitória em 27 jogos no ano do líder do ranking, a 712ª em sua carreira. Ele vai em busca de vaga na final contra o belga David Goffin, 15º colocado, que bateu de virada o francês Gilles Simon.

São três jogos e três vitórias do sérvio, a última em três sets em Cincinnati, nos Estados Unidos.

O jogo

Berdych começou com devoluções fulminantes e jogo arriscado, abriu um 0/30, colocou pressão no primeiro game, mas Nole confirmou e após outro game longo quebrou. O tcheco então devolveu a quebra, mas não resistiu novamente. Novak abriu 4/1 e conduziu bem o serviço para fechar por 6/3 em 49 minutos. Berdych errou 25 bolas no set.

Dor nas costas

Na segunda etapa o sérvio quebrou cedo, abriu 3/1, mas sentiu dor nas costas e na virada pro sexto game chamou o fisioterapeuta e foi massageado. Nole voltou ainda mais firme no saque e tomas não se encontrava nas devoluções. Chegou a levantar um 15/40 sacando em 3/5, mas com erros permitiu a vitória do rival por 6/3.

Ao todo o tcheco errou 45 bolas no jogo, encaixando apenas 15 winners.