Novak Djokovic

Novak Djokovic. Crédito: André Valle

TÊNIS NEWS
31/03/2016
12:24
Miami (EUA)

Novak Djokovic, número 1 do mundo, celebrou a vitória na noite de quarta-feira por um duplo 6/3 que lhe deu vaga na semifinal do Masters 1000 de Miami, na Flórida, onde vai enfrentar o belga David Goffin, 15º colocado, e minimizou problema nas costas.

"Foi uma batalha física no começo, games demorando muito, consegui confirmar os serviços e segurar meus nervos. Me senti no controle do jogo nos momentos cruciais, saí quebrando no segundo set, nós dois tivemos problemas com o primeiro saque, condições nada fáceis. No geral estou satisfeito, bati um cara que está estabelecido no top 10 e por ali há muito tempo", afirmou Nole que comentou sobre o problema nas costas quando pediu atendimento.

"Estava ventando, foi difícil ajustar meu corpo, conseguir o ritmo, estava tendo que adivinhar onde a bola, isso tornou difícil, mas não foi nada demais, o fisioterapeuta fez um bom trabalho".

Djokovic encara Goffin pela quarta vez e tenta manter a hegemonia, mas a última venceu em três sets em Cincinnati: "Ele está em volta, não é nenhum novo, ele tem tudo que é preciso pra ser um top 10, pode ser consistente, está confiante, fizemos um jogo duro em Cincinnati. Será um cara duro de jogar. Espero jogar bem".