Tênis - Djokovic e Murray

Novak Djokovic (Foto: AFP / PEDRO ARMESTRE)

TÊNIS NEWS
29/05/2016
18:15
PARIS (FRA)

O sérvio Novak Djokovic, número 1 do mundo, fez comentários acerca das maiores baixas de Roland Garros 2016: Roger Federer e Rafael Nadal. O líder do ranking sublinhou a singularidade da situação e elogiou muito o ‘Touro Miúra’, assim como a forma apresentada pelo espanhol antes do abandono.

“Não é sempre que Federer e Nadal não estão na segunda semana de um torneio do Grand Slam [os quatro maiores eventos do tênis mundial]... mas [isso] acontece. Isso é esporte e, às vezes, a intensidade e a quantidade de partidas jogadas durante uma temporada acabam por lhe pôr em uma posição [fisicamente] que o obriga a desistir de um torneio”.

“Não sei a natureza da lesão dele [Nadal], mas com certeza foi muito triste vê-lo na coletiva de imprensa. Era possível sentir sua dor, certamente era”, expressou.

“Ele [Rafa] havia jogado de forma estupenda nas duas primeiras rodadas. Então, [é claro que] algo aconteceu. Temos que compreender: se ele abandonou o torneio, é porque algo verdadeiramente grave aconteceu. Ele é um dos maiores competidores que esse jogo já viu. Sei que é triste não vê-lo no torneio, mas, novamente: todos seguimos em frente. Eu estou na competição e espero que tudo vá bem [não sofrer contusão alguma]”.