icons.title signature.placeholder TÊNIS NEWS
icons.title signature.placeholder TÊNIS NEWS
31/08/2015
19:32

Após derrotar o brasileiro João Souza, o Feijão, com um truplo 6/1 em 1h11min, Novak Djokovic, atual líder do ranking, brincou com o número e curtiu a nova quadra Arthur Ashe que vem em construção parcial do teto retrátil.

"É algo que gosto muito o número 1, espero me manter com esse número por um bom tempo", disse o sorridente sérvio aprovando sua atuação na estreia do Grand Slam  que venceu em 2011: "Esse estádio tem muita história, é prazer voltar aqui e ver o teto sendo construído. A principal diferença é que o vento circula menos do que era antes, você sente mais o controle nos golpes de fundo".

Djokovic enfrenta o austríaco Andreas Haider-Maurer ou o canadense Vasek Pospisil.: "Não tenho preferência por adversário, espero seguir jogando bem assim".

Após derrotar o brasileiro João Souza, o Feijão, com um truplo 6/1 em 1h11min, Novak Djokovic, atual líder do ranking, brincou com o número e curtiu a nova quadra Arthur Ashe que vem em construção parcial do teto retrátil.

"É algo que gosto muito o número 1, espero me manter com esse número por um bom tempo", disse o sorridente sérvio aprovando sua atuação na estreia do Grand Slam  que venceu em 2011: "Esse estádio tem muita história, é prazer voltar aqui e ver o teto sendo construído. A principal diferença é que o vento circula menos do que era antes, você sente mais o controle nos golpes de fundo".

Djokovic enfrenta o austríaco Andreas Haider-Maurer ou o canadense Vasek Pospisil.: "Não tenho preferência por adversário, espero seguir jogando bem assim".