Djokovic e Murray Xangai - Tênis

(Foto: WANG ZHAO/AFP)

TÊNIS NEWS
17/11/2016
14:24
Londres (Inglaterra)

O sérvio Novak Djokovic (2°) não encontrou dificuldades para bater o belga David Goffin (11°) em jogo válido pela terceira rodada do grupo Ivan Lendl no ATP World Tour Finals, em Londres. O sérvio aplicou fáceis 6/1 e 6/2 em 1h11.

O belga David Goffin veio para Londres junto com o espanhol Roberto Bautista Agut (14°), apenas para serem suplentes do torneio londrino, porém com a notícia da desistência do francês Gael Monfils (6°), que alegou contusão, ficou a cargo do belga, o reserva imediato, a tarefa de tentar parar o sérvio Novak Djokovic no jogo válido pela última rodada do grupo Ivan Lendl.

O jogo começou com os dois jogadores confirmando seus serviços. Goffin encontro dificuldades no quarto game de partida, quando no décimo ponto do game, cedeu um break point ao sérvio, que não desperdiçou, abrindo vantagem de 3/1 no set. A partir daí o que vimos foi um Djokovic arrasador, que não deu chances ao adversário, não deu oportunidades de quebra para Goffin e fechou a primeira parcial em 6/1.

O segundo set de partida seguiu o mesmo rumo; Goffin teve dificuldades no terceiro game da segunda parcial, Djokovic não desperdiçou a chance e abriu logo 2/1 e saque no segundo set. O sérvio foi implacável desde então, cedeu apenas mais um game para Goffin e uma chance de quebra no último game de partida; conseguiu se reorganizar, realizar um ótimo voleio no último ponto para sacramentar o set, o jogo e o primeiro lugar do grupo por 6/1 e 6/2 em 1h11.

Djokovic espera a definição do grupo John Mcenroe para saber qual será seu adversário nas semifinais do torneio, de quebra, ainda segue firme na briga pelo primeiro posto do ranking da ATP.