Tênis News
19/08/2016
15:44
Cincinnati (Estados Unidos)

Vivendo uma temporada de oscilação, o búlgaro Grigor Dimitrov, 34º do ranking da ATP, voltou, após dois anos, a uma semifinal de torneio do Masters 1000 de Cincinnati, nos Estados Unidos, após bater o local Steve Johnson, 23º.

Vindo de uma boa vitória sobre o suíço Stan Wawrinka, Dimitrov manteve o bom ritmo em quadra e precisou de 1h25 para fechar o placar 7/6 (8) 6/2 tendo convertido quatro aces contra seis do norte-americano, que venceu 76% dos pontos jogados com seu primeiro serviço contra 82% de rendimento do búlgaro.

Em um primeiro set duríssimo, os dois tenistas sacaram bem, forçaram na devolução, mas pouco ameaçaram-se. Dimitrov salvou a única chance de quebra que o rival teve e encaminhou o jogo para o tiebreak. Ali, o búlgaro ganhou nos detalhes, em um erro do norte-americano.

No segundo set, Dimitrov abriu com quebra, conquistou uma segunda, fez 4/1 no placar e administrou a vantagem
Esta é a segunda vez na carreira do búlgaro que ele chega à semifinal de um torneio do Masters 1000, desde o Masters do Canadá em 2014, quando foi à semifinal pela primeira vez.