cuevas

Pablo Cuevas (Foto: Luiz Pires/Fotojump)

TÊNIS NEWS
25/02/2016
18:53
SÃO PAULO

O uruguaio Pablo Cuevas, 27º no ranking da ATP e campeão, no último domingo, do Rio Open, avançou às quartas de final do Brasil Open, onde venceu em 2015, ao vencer o argentino Facundo Bagnis, mesmo oponente em sua 1ª rodada no Rio.

Como saiu de bye no torneio paulistano, por ser o cabeça de chave número 3, o confronto do Brasil Open foi apenas na segunda rodada. Nesta quinta, o placar foi de 6/3 e 7/5, em 1h14. Na semana passada, o jogo foi mais fácil, com parciais de 6/0 e 6/2.

Cuevas fez um primeiro set perfeito. Sem ceder pontos jogando com o primeiro serviço, o uruguaio não enfrentou break points e aproveitou quatro das seis oportunidades que teve.

Na segunda parcial, um jogo mais equilibrado. Cuevas não sacou bem e teve o saque quebrado nas duas chances de Bagnis. No entanto, ele também conseguiu tomar o saque de Bagnis duas vezes, e o jogo ficou empatado em 5/5. Ao confirmar o saque no 11º game, Cuevas pôs pressão no saque do argentino, 96º do Mundo, e conquistou a quebra no game derradeiro do jogo, fechando por 2x0.

Agora, ele enfrenta o vencedor do confronto entre Thiago Monteiro, do Brasil, e Daniel Munoz de la Nava, da Espanha, que se enfrentam na noite de hoje. O curioso é que será o segundo confronto de Cuevas repetido do Rio Open, se Thiago vencer o espanhol. No Rio Open, Monteiro caiu para Cuevas, eventual, campeão, por 7/6(5) e 6/4, nas oitavas de final.

CABEÇA 1, PAIRE É DERROTADO POR LAJOVIC
Principal favorito ao título no Esporte Clube Pinheiros, o 20º melhor tenista do Planeta, Benoit Paire, da França, foi derrotado pelo 76º do ranking, o sérvio Dusan Lajovic, por 6/0, 4/6 e 6/3, em 1h39.

Paire não estava em quadra no primeiro set. Completamente desinteressado, levou 6/0 em menos de meia hora.

Na segunda etapa, melhorou e manteve-se no jogo, trocando bolas e, gradativamente, ganhando confiança. Ao quebrar o saque do compatriota de Djokovic no nono game, com o placar em 4/4, ele confirmou seu saque no game seguinte, fechou em 6/4 e levou o jogo para o set decisivo.

Nele, então, os dois tenistas trocaram quebras nos dois primeiros games. No quarto, com Paire servindo em 1/2, muita luta por parte dos dois jogadores, e o francês conseguiu manter o serviço após mais de dez minutos.

Sacando em 3/4, no entanto, o favorito ao título não teve a mesma sorte: cedeu a quebra e viu, no game seguinte, Lajovic ter sucesso em converter seu saque, fechando o set em 6/3 e marcando encontro com o português Gastão Elias, que veio do qualifying e bateu, nesta segunda rodada, o colombiano Santiago Giraldo, por 6/4 e 6/3.

Com estes resultados, os únicos remanescentes dos oito cabeças de chave do Brasil Open 2016 são o 3º mais cotado ao troféu, o uruguaio Pablo Cuevas, e o 4º, Federico Delbonis, da Argentina, que hoje venceu o compatriota Diego Schwartzman, por 2x1.