Rafael Nadal

Rafael Nadal. Crédito: TennisTV

TÊNIS NEWS
13/04/2016
09:46
Monte Carlo

A principal atração da estreia de Rafael Nadal o Masters 1000 de Monte Carlo, no principado de Mônaco, ficou por conta do retorno de Carlos Bernardes, árbitro brasileiro na cadeira em um jogo do espanhol após 14 meses.

Desde o Rio Open em fevereiro de 2015 que ele não apitava um duelo do espanhol após ser rigoroso e irritar o espanhol no torneio do Rio de Janeiro. Na ocasião Nadal pediu para que a ATP o tirasse de suas partidas, o que causou polêmica, mas foi atendido.

Nesta quarta Rafa fez bem seu trabalho na quadra Ranier III, a principal do duelo, e venceu sem mais sustos o britânico Aljaz Bedene, 60º colocado, por duplo 6/3, após 1h19min de duração.

Esta é sua vitória 349 no saibro em 381 partidas e 54ª em 58 jogos em Monte Carlo onde é octacampeão com títulos entre 2005 e 2012.

Seu rival nas oitavas de final será contra o ascendente Dominic Thiem, 14º colocado. Thiem o derrotou em batalha na semi em Buenos Aires este ano em fevereiro.

Thiem custou para passar pelo qualifier japonês Taro Daniel, 90º, por 4/6 6/2 6/0. Foi o segundo jogo de virada do austríaco no torneio.

O jogo

Assim como Roger Federer, Nadal entrou com o tênis da patrocinadora Nike homenageando o dia de hoje que marca a aposentadoria do jogador da NBA, Kobe Bryant. Nadal dominou as ações, abriu 5/1, mas falhou, permitiu a reação de Bedene. Nadal salvou break-point e com dois aces fechou por 6/3.

Na parcial seguinte duas quebras e 5/2, falhas e uma quebra para o adversário, mas um super game com passada, winner e fechando com esquerda fora do adversário.