Tênis News
16/11/2015
15:28
Londres (Inglaterra)

A parceria do romeno Horia Tecau e o holandês Jean Julien Rojer já é a melhor dupla do ano após vencerem sua partida de estreia na chave do ATP Finals de Londres, entretanto não se iludem com números e possibilidade de fechar ano como melhor dupla.

Tecau/Rojer conversou com a imprensa após vencer a parceria do polonês Marcin Matkowski e o sérvio Nenad Zimonjic e falou sobre o dado que os coloca à frente dos irmãos Bob e Mike Bryan no ranking de duplas do ano. Tecau/Rojer tem agora 4510 pontos ganhos na temporada contra 4465 dos Bryan.

"A forma como nós nos preparamos para nossos jogos e torneios, sempre tentamos dar nosso melhor, pensando no próximo jogo, como melhorar e entar conquistar títulos", explicou Tecau negando que a parceria busque finalizar o ano como melhor duplas: "Nós não pensamos sobre pontos e os rankings (duplas no ano e duplas tradicional da ATP). Sabemos que ficamos perto dos irmãos Bryan, mas no fim do dia queremos ter nossa primeira vitória. Queremos continuar com uma vitória. O que vier depois veremos", declarou.

Os Bryan terminaram os últimos seis anos como a melhor dupla da temporada, sendo que conseguiram este feito em 10 das últimas 12 temporadas.

"Nós ficaremos extremamente felizes e orgulhosos se terminarmos o ano como números um. Se não, teremos dado tudo em cada jogo. Esta é nossa maneira de jogar", finalizou o romeno.

Marcelo Melo está garantido até o fim do ano no topo do ranking de duplas da ATP, que contabiliza a pontuação dos tenistas de maneira individualizada.