Thomaz Bellucci em Paris

Thomaz Bellucci em Paris. Crédito: Getty Images/Latam

TÊNIS NEWS
21/01/2016
17:15
Melbourne (Austrália)

Se nas duplas a expectativa e os resultados são bons, em simples no Australian Open o Brasil segue vivendo seu carma de maus resultados com um jejum que passa dos 12 anos sem uma vaga além da segunda rodada do primeiro Grand Slam da temporada.

A queda de Thomaz Bellucci para o americano Steve Johnson, 32º, em três sets nesta quinta fez com que o brasileiro parasse pela quinta vez nesta fase enquanto que Teliana Pereira disputou o torneio pela segunda vez e caiu na fase inicial.

A última vez de um tenista brasileiro na terceira rodada foi Gustavo Kuerten em 2004 caindo diante do tailandês Paradorn Srichaphan. Nem mesmo o fato de ter sido o número 1 do mundo e ter tido sucesso com três títulos em Roland Garros, quartas do US Open e Wimbledon fizeram com que o catarinense tivesse naquele ano seu maior resultado em Melbourne.

Fernando Meligeni em suas campanhas só conseguiu uma única vez passar da primeira rodada e nos demais André Sá e Luiz Mattar pararam na segunda fase. Além de Guga, o único brasileiro a avançar à terceira fase foi Jaime Oncins caindo nesta rodada em 1991.

De 1988 para antes o torneio teve a chave menor que 128 atletas.

Veja as campanhas dos brasileiros ao longo das últimas décadas na Austrália:

2016 - Thomaz Bellucci (2ª Rodada), Teliana Pereira (1ª Rodada)

2015 - Thomaz Bellucci e João Souza (1ª Rodada)

2014 - Thomaz Bellucci (2ª Rodada) e Teliana Pereira (1ª Rodada)

2013 - Thomaz Bellucci (1ª Rodada)

2012 - Thomaz Bellucci e Ricardo Mello (2ª Rodada), João Souza (1ª rodada)

2011 - Thomaz Bellucci (2ª rodada), Ricardo Mello e Marcos Daniel (1ª Rodada)

2010 - Thomaz Bellucci (2ª Rodada), Ricardo Mello e Ricardo Hocevar (1ª Rodada)

2009 - Thomaz Bellucci e Marcos Daniel (1ª Rodada)

2008 e 2007 - Ninguém jogou

2006 - Ricardo Mello e Marcos Daniel (1ª Rodada)

2005 - Ricardo Mello (2ª Rodada) e Flávio Saretta (1ª Rodada)

2004 - Gustavo Kuerten (3ª Rodada), Flávio Saretta e Ricardo Mello (1ª rodada)

2003 - Gustavo Kuerten (2ª rodada), Flávio Saretta (perdeu para Roger Federer), André Sá, Marcos Daniel e Fernando Meligeni (1ª rodada)

2002 - Alexandre Simoni (2ª rodada), Fernando Meligeni, André Sá, Flávio Saretta e Gustavo Kuerten (1ª rodada)

2001 - Gustavo Kuerten e André Sá (2ª rodada)

2000 - Gustavo Kuerten e Fernando Meligeni (1ª rodada)

1999 - Gustavo Kuerten (2ª rodada), Fernando Meligeni e Márcio Carlsson (1ª rodada)

1998 - Gustavo Kuerten (2ª rodada), Fernando Meligeni (1ª rodada)

1997 - Gustavo Kuerten e Fernando Meligeni (2ª rodada)

1996 - Fernando Meligeni (1ª rodada)

1995 - Luiz Mattar (1ª rodada)

1994 - Ninguém jogou

1993 - Luiz Mattar (2ª rodada)

1992 - Fernando Roese, Danilo Marcelino e Jaime Oncins (1ª rodada)

1991 - Jaime Oncins (3ª rodada), Luiz Mattar (2ª rodada)

1990, 1989 e 1988 - Ninguém jogou