Nadal e Djokovic

Rafal Nadal e Novak Djokovic duelam pelo recorde de maior vencedor em Masters 1000

TÊNIS NEWS
17/04/2016
12:54
MONTE CARLO (MON)

Com a vitória deste domingo sobre o francês Gael Monfils, na final do Masters 1000 de Monte Carlo, que representou o eneacampeonato no torneio, o espanhol Rafael Nadal não só conquistou seu 68º título da carreira, o primeiro da série 1000 em dois anos – o último havia sido Madri 2014 -, como chegou ao 28º título deste tipo de torneio, igualando o sérvio Novak Djokovic como maior vencedor.

Djokovic havia passado Rafa depois de vencer em Miami, há três semanas. Quando Nadal venceu seu até então último torneio da categoria, Nole tinha ‘apenas’ 18 canecos, mas, seguindo sua dominância no circuito, venceu dez dos últimos dezesseis possíveis.

Na sequência, os dois devem duelar pelo recorde nos dois próximos torneios: Madri e Roma, ambos no saibro. Apesar de Nadal levar vantagem, teoricamente, no saibro, Novak é quem dita o ritmo do circuito no momento, sendo considerado favorito em todos os torneios que disputa.

Num cenário ainda maior, a elevação do nível de tênis do espanhol, quatorze vezes campeão de Grand Slam, traz à tona novamente a disputa de Roland Garros. Se antes era questionável a capacidade de Rafa conseguir vencer mais um major, devido ao ‘baixo’ nível técnico mostrado desde sua volta, há um ano e quatro meses, se comparado com Djokovic e Federer, o grande tênis demonstrado durante toda a semana em Mônaco, combinado à sua notável superioridade aos demais jogadores na terra batida, o põe novamente no topo da lista de favoritos ao título em Paris, daqui a pouco mais de um mês.