Paula Gonçalves

Paula Gonçalves (Crédito: Fotojump)

TÊNIS NEWS
21/09/2016
18:59
ALBUQUERQUE (EUA)

A paulista Paula Gonçalves, 162ª no ranking da WTA, começou muito bem a semana em que pode se tornar, pela primeira vez, a melhor tenista do Brasil. Sétima favorita no Challenger de Albuquerque, EUA, Paula estreou com vitória sobre a portuguesa Michelle Larcher de Brito, 232ª.

O jogo teve o placar de 6/2 e 7/5 e a duração de 1h33. Na sequência, a brasileira enfrentará a vencedora do duelo entre a canadense Aleksandra Wozniak (que não tem parentesco com Caroline Wozniacki) e a americana Melanie Oudin.

Com o resultado, Paula avança às oitavas e precisa de apenas mais duas vitórias, ou seja, a semifinal no Estado americano do Novo México, para ultrapassar Teliana Pereira, atualmente 158ª colocada, e liderar o ranking nacional. A conta se dá assim pois, já descontados os pontos da mesma semana de 2015, Gonçalves fica 23 pontos atrás de Pereira. As quartas de final em Albuquerque dariam à jogadora 21 pontos, o que seria insuficiente. Numa possível semifinal, a paulista somaria 42, isolando-se no topo.

Na partida de hoje, a tenista de São Paulo dominou e venceu facilmente a primeira parcial, mas teve dificuldades no segundo set, quando foi quebrada logo no início e Michelle teve 2/0, mas a representante canarinho nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro se recuperou e venceu por 7/5, eventualmente.