Thiago Monteiro

Divulgação

TÊNIS NEWS
11/04/2017
07:45
Londres (Inglaterra)

Diante das maiores possibilidades de se jogar em casa calhou do Brasil ter que sair do país para jogar por uma vaga no Grupo Mundial em 2018 na Copa Davis e para bem longe, o Japão do top 10 Kei Nishikori, em duelo a ser realizado em setembro, entre os dias 15 e 17.

O Japão era o único confronto com sorteio de local e o time de João Zwetsch terá que viajar logo após o US Open para Tóquio ou alguma outra sede escolhida provavelmente no piso rápido.

Na primeira rodada deste ano os japoneses receberam a França em casa e não contaram com Nishikori que perdeu para Thomaz Bellucci no Rio Open. Nishikori sóatuou nas duplas no duelo anterior em setembro do ano passado em Osaka contra a Ucrânia, pela repescagem.

Os asiáticos estarão sem o jogador que mais vinha subindo do país, Yoshihito Nishioka, que sofreu uma lesão em Miami e passou por cirurgia. Deve se ausentar até o fim do ano.

Yasutaka Uchiyama, Taro Daniel e Yuchi Sugita formaram o time no último confronto deste ano com Nishioka.