icons.title signature.placeholder TÊNIS NEWS
icons.title signature.placeholder TÊNIS NEWS
31/08/2015
14:43

A canadense Eugenie Bouchard, ex-top 10 e atual 25ª do ranking, confirmou sua parceria com Jimmy Connors para o torneio do US Open  e destacou como inspirador a ajuda do americano.

Connors foi número 1 do mundo e vencedor de oito Grand Slams com maior número de títulos e vitórias em jogos da ATP: "Tem sido bom por enquanto, ele é realmente inspirador no senso de falar sobre suas experiências quando jogava", apontou Bouchard, vice-campeã de Wimbledon ano passado, mas que vem em uma temporada ruim e que recentemente demitiu seu treinador Sam Sumyk.

"Conheço ele há alguns anos, conversamos algumas vezes no passado, ele estava aqui essa semana e queria me ajudar um pouco. Ele era único, sem dúvida, é divertido, ele diz 'faça com que as pessoas falem algo' e é uma pessoa legal. 
A tenista não quer lembrar da temporada onde venceu apenas nove de seus 26 jogos: "Quero tipo esquecer o passado, o bom e o ruim, começar uma nova carreira e não ter pensamentos no passado.Tem tanta gente dando suas opiniões e coisas que eu realmente preciso colocar de lado".

A tenista não deu sinais se vai contratar de pronto um técnico fixo: "Prefiro não ter um técnico do que ter o errado".

A canadense Eugenie Bouchard, ex-top 10 e atual 25ª do ranking, confirmou sua parceria com Jimmy Connors para o torneio do US Open  e destacou como inspirador a ajuda do americano.

Connors foi número 1 do mundo e vencedor de oito Grand Slams com maior número de títulos e vitórias em jogos da ATP: "Tem sido bom por enquanto, ele é realmente inspirador no senso de falar sobre suas experiências quando jogava", apontou Bouchard, vice-campeã de Wimbledon ano passado, mas que vem em uma temporada ruim e que recentemente demitiu seu treinador Sam Sumyk.

"Conheço ele há alguns anos, conversamos algumas vezes no passado, ele estava aqui essa semana e queria me ajudar um pouco. Ele era único, sem dúvida, é divertido, ele diz 'faça com que as pessoas falem algo' e é uma pessoa legal. 
A tenista não quer lembrar da temporada onde venceu apenas nove de seus 26 jogos: "Quero tipo esquecer o passado, o bom e o ruim, começar uma nova carreira e não ter pensamentos no passado.Tem tanta gente dando suas opiniões e coisas que eu realmente preciso colocar de lado".

A tenista não deu sinais se vai contratar de pronto um técnico fixo: "Prefiro não ter um técnico do que ter o errado".