Novak Djokovic em Paris

Novak Djokovic em Paris (Peter Staples/ATPWorld tour)

TÊNIS NEWS
11/11/2015
14:20
Paris (França)

O tenista alemão Boris Becker, que foi tricampeão de Wimbledon e número 1 do mundo, celebrou a boa fase do pupilo Novak Djokovic e destacou sua boa fase onde perdeu apenas cinco jogos e fez 14 finais em 15 torneios com dez conquistas, três de Grand Slam, seis de Masters.

"Não fez uma única partida ruim", disse o alemão em entrevista ao jornal francês L´Equipe: "É uma das melhores temporadas que um jogador já alcançou, talvez a melhor. Por conta da consistência que o Novak mostrou. Foram 83 partidas e perdeu só cinco. O que é mais impressionante é que não jogou uma partida ruim. Estou remoendo minha mente, mas não lembro jogador que teve a mesma performance isso tudo é qualidade".

Becker comentou ainda no que o pupilo melhorou: "Quero falar do investimento, ele ganhou muita coisa e ainda está com fome de mais vitórias e progresso, ele ama o tênis, se não amasse não estaria fazendo todo esse esforço. Sou orgulhoso por estar no time dele. Ele não teve escolha, teve que melhorar, é necessário melhorar constantemente se não os outros te passam. Ele precisa estar melhor em todas as áreas, tecnicamente também. Novak está mais agressivo e mais confiante na rede, bate mais forte no forehand e coloca mais pressão."

"Tudo depende do estado mental. Se você decide ficar na linha de base e decide bater a bola mais cedo, isso terá um impacto no adversário e em seu posicionamento em quadra e o posicionamento é a chave de tudo. Se o Novak se posiciona bem é mais fácil pra ele vencer um ponto mais rapidamente. E o resultado é que usará menos energia. É uma grande diferença. O melhor exemplo é o voleio. Novak é melhor na rede pois chega lá mais rápido".