República Tcheca campeã da Fed Cup (foto:AFP)

Duelo pode ter marcado a aposentadoria de Sharapova da Fed Cup (foto:AFP)

TÊNIS NEWS
07/02/2016
10:25
MOSCOU (RUS)

A holandesa Kiki Bertens, apenas a 106ª da WTA, fez mais uma vítima neste domingo: depois de bater Ekaterina Makarova, ela dominou a experiente Svetlana Kuznetsova e confirmou a zebra que começou ontem: a Rússia está fora.

Bertens marcou 6/1 e 6/4, em 1h26, para selar a vitória no confronto. Agora, a Holanda espera as vencedoras do confronto entre França e Itália, que até agora empatam por 1x1, em Marselha. Além da vitória de Kiki ante Makarova, a Holanda havia feito 2x0 no confronto, após Richel Hogenkamp, 141ª do mundo, derrotar a própria Kuznetsova, 17ª, no jogo mais longo na história da Fed Cup.

A holandesa controlou o jogo, sacando bem e disparando quinze winners a mais que a 17ª no ranking, enquanto cometeu apenas um erro não forçado a mais. Criando muitas oportunidades no primeiro set, Bertens aproveitou para quebrar duas vezes Kuznetsova e marcar um fácil 6x1.

No segundo, bem mais disputado e longo, Kiki cometeu algumas duplas faltas, mas soube aproveitou com perfeição a única chance que teve de quebra e fez 6/4 em cinquenta minutos, cravando uma das maiores zebras na história da Fed Cup, em pleno Estádio Olímpico de Moscou.

Bertens, de 25 anos, tem agora a impressionante marca de 13 vitórias e apenas 1 derrota em sua carreira na competição por equipes do tênis feminino.

Com o confronto definido, Maria Sharapova, que foi inscrita para alcançar o número mínimo exigido para que uma tenista possa disputar os Jogos Olímpicos, não precisará mais entrar em quadra.

O duelo também marcou a provável aposentadoria da musa na Fed Cup. Sharapova já declarou que não pretende disputar as Olimpíadas de 2020, em Tóquio; assim, ela, que nunca foi muito ligada à competição [Fed Cup], não teria nenhuma obrigatoriedade de entrar em quadra defendendo o país natal.