Thomaz Bellucci saca em partida de 4ª de final contra Bernard Tomic

Foto: Divulgação Zhenzen Open

Tênis News
01/10/2016
11:37
Shenzen (China)

O tcheco Tomas Berdych, nono do ranking mundial, conseguiu melhorar sua performance em relação a apresentação nas quartas de final e parou o número um do Brasil e 81º do mundo, Thomaz Bellucci, na semifinal do ATP 250 de Shenhzen, na CHina.

Berdych precisou de 1h21 para fechar o placar diante do brasileiro em 6/2 7/5 tendo convertido nove aces contra quatro de Bellucci, que venceu 63% dos pontos disputados em seu primeiro serviço contra 88% de aproveitamento do tcheco.

Sacando abaixo do nível excelente apresentado nas quartas contra Tomic, Bellucci começou a partida já sendo pressionado e trabalhando com segundo serviço. O canhoto de Tietê foi quebrado no quarto game, quando tentou movimentar o tcheco na linha de base, encurtou demais as bolas e foi quebrado ao executar mal um drop-shot que ficou na rede. O jogo seguiu com Berdych sacando firme, buscando as linhas e tentando definir com forehand em bolas altas no backhand do brasileiro, que seguia sacando taticamente, algumas vezes sem muito efeito, que o levou a ser quebrado mais uma vez no oitavo game, vendo o tcheco fechar a parcial.

No segundo set, Bellucci conseguiu melhorar um pouco mais seu saque. Ele que perdeu apenas dois pontos com seu primeiro serviço no jogo anterior conseguiu encaixar melhor o saque, mas falhou ao escolher as definições no quarto game e voltou a ser quebrado. Com poucas chances no saque de Berdych, Bellucci concentrou-se em sacar cada vez melhor e voltou a ter esperanças quando no nono game, com o adversário sacando para a a partida, foi firme na devolução, devolveu a quebra e pressionou. Com 5/5 no placar, Berdych correu atrás do prejuízo e aproveitando-se do nervosismo do brasileiro trabalhando com segundo serviço pressionou e conquistou a quebra no décimo segundo game fechando o jogo.
Na grande final, Berdych encara o francês Richard Gasquet, 18º, que superou o sérvio Janko Tipsarevic, 224º, por 6/2 4/1 e abandono do sérvio.

Bellucci, que nunca havia vencido três jogos em um mesmo torneio asiático, acumulou sua 22ª partida consecutiva com derrota para um tenista top 10